Deputado estadual venceu com larga margem sobre o segundo colocado, Edson Giroto

Confirmando as últimas pesquisas eleitorais, o deputado estadual Alcides Bernal (PP) foi eleito prefeito de Campo Grande (MS) neste domingo (28). Com uma larga margem votos sobre o segundo colocado, Bernal recebeu 62,55% (270,927 mil) dos votos válidos.

O novo prefeito de Campo Grande: Alcides Bernal
Divulgação
O novo prefeito de Campo Grande: Alcides Bernal

Num distante segundo lugar, o também deputado Edson Giroto recebeu 37,45% (162.212 mil) dos votos válidos.

Veja apuração completa 

Antes de ser deputado, Bernal teve quatro mandatos como vereador de Campo Grande. Formado em direito, ele também apresentou programas de rádio na capital do Mato Grosso do Sul.

A última pesquisa Ibope já mostrava que Bernal venceria as eleições com uma grande vantagem sobre Giroto. Segundo o levantamento divulgado no sábado (27), o candidato do PP seria eleito com 63% dos votos. O peemedebista ficaria com 37%.

1º Turno

Bernal terminou o primeiro turno em primeiro lugar. Ele recebeu 176.288 mil votos, o equivalente 40,18% do total apurado. Giroto obteve 122.813 mil votos, 27,99% do total, ficando na segunda colocação.


Disputas judiciais

As eleições municipais para prefeito em Campo Grande foram marcadas por disputas fora das urnas. A Justiça Eleitoral foi bastante acionada pelos próprios candidatos, que questionaram, ao longo do processo, diferentes pesquisas de intenções de votos.

Outra polêmica judicial envolvendo as eleições levou o diretor do Google no Brasil, Fábio Coelho, a ser preso pela Polícia Federal por desobediência à ordem judicial. O diretor não retirou do Youtube vídeos postados no site que criticavam o candidato Alcides Bernal. A empresa alegou que a responsabilidade pelo teor do vídeo é dos usuários. Coelho foi liberado no mesmo dia e o conteúdo, bloqueado.

Leia  também: Em Campo Grande, Justiça Eleitoral investiga compra de votos 'fiado'

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.