Em Manaus, Dilma e Aécio repetem disputa do 1º turno de Belo Horizonte

Presidenta e senador tucano desembarcam na capital amazonense nesta semana para subir nos palanques dos candidatos Vanessa Grazziotin (PCdoB) e Artur Neto (PSDB)

iG São Paulo |

Na semana final de campanha, Manaus deve ser tornar mais uma vez palco do enfrentamento entre a presidenta Dilma Rousseff e o senador Aécio Neves (PSDB). À exemplo a disputa do primeiro turno de Belo Horizonte, onde Dilma apoiou o ex-candidato Patrus Ananias (PT) e Aécio o atual prefeito reeleito Márcio Lacerda (PSB), as duas lideranças desembarcam na capital amazonense para alavancar votos para seus respectivos aliados na disputa entre o senador Arthur Virgílio (PSDB) e a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB).

Campinas:  Ao lado de Dilma, Lula diz que PSDB só levou presídios e pedágios 

Salvador:  Dilma ataca ACM Neto e diz que Pelegrino joga em seu time

Senador tucano: De olho em 2014, Aécio reforça campanha

Dilma sobe ao palanque da aliada comunista neste domingo (21) na tentativa de reverter o quadro favorável aos tucanos. De acordo com a última pesquisa realizada pelo instituto Ibope em Manaus, Artur tem 61% das intenções de voto, contra 29% de Vanessa.

Relutante em se engajar em campanhas onde candidatos petistas enfrentaram partidos da base aliada do governo no primeiro turno, Dilma se sentiu à vontade para engajar-se em três capitais na reta final de campanha, onde o PT e aliados enfrentam nomes fortes da oposição, afirmaram Ministros do Palácio do Planalto nesta semana.

Eleições: Lula vai a dez comícios, só um na capital de São Paulo

Primeiro turno: PT resiste a ataques sobre mensalão e reacende força de Lula

Nesta sexta-feira (19), a presidenta participou de um comício em Salvador ao lado do candidato Nelson Pelegrino (PT), que enfrenta ACM Neto (DEM), na tentativa de inverter a vantagem da oposição na capital baiana. Segundo o último levantamento do Ibope, ACM Neto tem 47% e Pelegrino, 39%.

Ontem, a presidenta compareceu pela segunda vez os palanques do candidato Fernando Haddad (PT), em São Paulo, considerada uma das mais importantes disputas de segundo turno para o partido. Na capital paulista, o ex-ministro da Educação, uma aposta pessoal do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para a Prefeitura de São Paulo, enfrenta José Serra (PSDB), que, apresar da desvantagem nas intenções de voto, é um nome forte em todo o Estado.

Especial: Veja a cobertura completa do iG sobre as eleições 2012

No primeiro turno, Dilma participou pessoalmente apenas das campanhas em São Paulo e Belo Horizonte, cidades onde as candidaturas petistas estavam com mais dificuldade de se levantarem.

Na capital mineira, a participação da presidenta chegou a causar um mal-estar entre o PT e o PSB, partido aliado do governo federal, mas que se coligava com o PSDB na cidade. A coligação petista acabou derrotada pelo atual prefeito Márcio Lacerda (PSB), que se reelegeu ainda no primeiro turno, apesar da decolagem de Patrus na reta final. Dilma foi uma das principais articuladoras da candidatura de Patrus, após o rompimento da aliança que o PT tinha com o PSB na cidade.

Para evitar maiores problemas com o partido do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), um possível nome forte para a campanha de 2014, a presidenta não irá a Fortaleza (CE) apesar dos apelos de aliados, onde há confronto direto entre o PT de Elmano de Freitas e o PSB do candidato Roberto Cláudio.

Aécio Neves, que é considerado o principal nome do PSDB para a disputa presidencial de 2014, reforça a campanha em Manaus a partir da quarta-feira (24), quando desembarca para um ato de campanha ao lado de Virgílio. Aécio fará ainda vai fazer um ato com João Castelo, que disputa a Prefeitura de São Luís contra o candidato Edivaldo Holanda (PTC).

Na tentativa de fortalecer seu nome para a disputa presidencial de 2014, o senador tucano rodou o Brasil durante o primeiro e segundo turno e visitou cidades para apoiar nomes do PSDB e de aliados em disputas municipais.

Com Agência Estado

    Leia tudo sobre: eleições2012eleições2012amazonasmanaus

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG