PSDB fica neutro no 2º turno em Fortaleza

Candidato tucano ficou em sexto na eleição municipal com 2,43% dos votos válidos; PSOL não declara apoio e PDT informa decisão na sexta-feira

Daniel Aderaldo - iG Ceará | - Atualizada às

O PSDB informou nesta quinta-feira (11) que ficará neutro no segundo turno em Fortaleza, onde a disputa será entre Elmano de Freitas (PT) e Roberto Cláudio (PSB). Segundo o presidente da executiva municipal Pedro Fiuza, “nenhuma das duas candidaturas representa o pensamento do PSDB e a verdadeira mudança de que Fortaleza precisa”.

Herdeiro de uma das famílias mais tradicionais da política cearense, o candidato derrotado do PSDB, Marcos Cals, foi o sexto colocado no primeiro turno com apenas 2,43% dos votos válidos, embora já tenha sido eleito deputado estadual por seis vezes.

O tucano foi Secretário da Justiça do Ceará durante o primeiro mandato do governador Cid Gomes (PSB) - padrinho político de Roberto Cláudio - até 2010, quando houve o rompimento e o ex-governador e ex-senador Tasso Jereissati foi derrotado na disputa pelo Senado Federal.

PSOL

Quinto colocado com 11,8% dos votos válidos, Renato Roseno (PSOL) também ficará neutro. O partido elegeu dois vereadores e informou que irá fazer oposição na Câmara Municipal a qualquer um dos candidatos que se eleger.

PDT

A posição do PDT deve ser anunciada em uma coletiva de imprensa nesta sexta-feira (12), às 9 horas. Heitor Férrer ficou teve 20,97% e ficou em terceiro. Na última terça-feira (9) o pedetista ingressou com uma ação na Justiça Eleitoral pedindo a anulação do primeiro turno na capital cearense, alegando ter sido prejudicado pelas pesquisas de intenções de voto de véspera do pleito e de boca de urna, que o mostravam na quarta colocação. O pedido, contudo, não foi aceito.

    Leia tudo sobre: eleições2012eleições2012cearápsdb

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG