Temer diz que primeiro turno fortaleceu parceria entre PT e PMDB

‘Isso vai ser muito bom para 2014’, disse vice de Dilma e presidente nacional do PMDB sobre o resultado nas urnas

Agência Brasil |

Agência Brasil

O vice-presidente Michel Temer afirmou nesta segunda-feira (8) que a parceria entre PT e PMDB saiu fortalecida do primeiro turno das eleições municipais. Segundo ele, a intenção é garantir a coligação entre os dois partidos onde houver segundo turno. Temer se reuniu nesta manhã com a presidenta Dilma Rousseff para fazer um balanço dos resultados das urnas.

Resultado das urnas:  PMDB é o partido que mais elegeu prefeitos

Especial: Veja a cobertura completa do iG sobre as eleições 2012

“Fizemos uma análise geral das eleições e concluímos o que é óbvio: que os dois maiores partidos são PMDB e PT. Isso vai ser muito bom para 2014. E vamos tentar, onde há segundo turno, onde houver a possibilidade de coligação PMDB e PT, vamos tentar fazer isso", contou.

Leia também: PT resiste a ataques sobre mensalão e reacende força de Lula 

Apoio: Dilma parabeniza Haddad e deve voltar ao palanque em São Paulo

Questionado se é natural o apoio do PMDB ao candidato petista Fernando Haddad, no segundo turno da eleição para a prefeitura de São Paulo, Temer respondeu que irá se reunir amanhã com os diretórios estadual e municipal de São Paulo para ouvir o partido sobre o assunto. No primeiro turno, o PMDB disputou a prefeitura de São Paulo com Gabriel Chalita, que ficou em quarto lugar na disputa com 13,6% dos votos.

Saiba mais: Nove capitais escolhem prefeitos no 1º turno; eleições seguem em 17

Temer também comentou o crescimento do PSB, dizendo que é “louvável”, mas voltou a ressaltar o crescimento "extraordinário" no número de prefeituras do PT e do PMDB. “Dá mais de 1.800 prefeituras”, disse o vice de Dilma. O PT é o segundo partido com maior número de candidatos disputando o segundo turno em capitais, com seis finalistas. Já o PMDB, disputa o segundo turno em três capitais.

    Leia tudo sobre: eleições2012eleições2012sãopaulomichel temerpmdbpt

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG