Quatro pessoas são detidas por fazer boca de urna em Luziânia, Goiás

Denúncias são maiores, mas polícia não consegue fiscalizar. Um adolescente e três adultos prestam depoimento e só serão liberados após as 17h, quando terminam as votações

Agência Brasil | - Atualizada às

Agência Brasil

Um adolescente e três adultos foram flagrados fazendo boca de urna em Luziânia, município de Goiás a 60 quilômetros de Brasília. Os quatro infratores que praticaram o crime eleitoral estão prestando depoimento no Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) e vão ficar detidos em um ginásio, no centro da cidade, até as 17h, quando terminam as votações.

Especial: Confira a cobertura completa do iG sobre as eleições 2012

De acordo com informações de agentes do Ciops, os três adultos e o adolescente serão autuados e terão que assinar um termo de ocorrência que prevê o pagamento de multa a ser definida pela Justiça Eleitoral.

Agência Brasil
Em Luziânia, quatro pessoas foram detidas quando faziam boca de urna

A juíza do cartório eleitoral de Luziânia, Alice Teles de Oliveira, disse há pouco que os fiscais têm recebido muitas denúncias, mas policiais e servidores da Justiça Eleitoral têm dificuldades em efetuar as prisões. “Quando a gente chega, eles já não estão mais no local. Esses infratores negociam com os fiscais para avisar sobre a nossa chegada”, explicou.

Detenções: Cabos eleitorais e políticos são presos por boca de urna no País

Os fiscais que atuam nas zonas eleitorais da cidade são ligados aos partidos dos candidatos. Em Luziânia, quatro candidatos disputam a vaga para prefeitura e 200 candidatos tentam ocupar uma das 19 vagas de vereador.

A detenção dos quatro infratores é a terceira ocorrência registrada pelos policiais civis e militares durante as eleições em Luziânia, o quinto maior município do estado de Goiás.

Mais prisões: Número de detidos superlota centro de operações eleitorais do Rio

No final da manhã de hoje (7), uma mesária foi agredida fisicamente por uma eleitora. Com uma lesão na cabeça, a mesária registrou ocorrência e exame de corpo delito no Instituto Médico-Legal (IML). A agressora fugiu e não foi identificada.

Ontem (6), um motorista de van foi preso em flagrante por agentes da Polícia Federal fazendo transporte de eleitores para Luziânia.

Tranquilidade: Infrações eleitorais não atrapalham votação em Luziânia

Apesar das ocorrências e denúncias, a juíza responsável pelo processo eleitoral no município avalia a situação geral como tranquila e acredita que as votações serão encerradas as 17h, sem registros de grandes problemas. Segundo ela, até o início da tarde todas as 303 urnas funcionavam sem problemas. A apuração dos votos deve estar concluída às 20h de hoje.

Veja fotos do impacto do material de campanha pelas ruas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG