Curitiba: Gustavo Fruet surpreende e vai a segundo turno contra Ratinho Júnior

Após aparecer em terceiro lugar nas pesquisas de intenção de voto, Fruet chega em segundo, atrás do candidato do PSC, que teve 34,09% dos votos

iG Rio de Janeiro | - Atualizada às

Antonio Costa / Agencia de Noticias Gazeta do Povo
Gustavo Fruet, candidato vota na a Faculdade Unicuritiba

Surpresa em Curitiba. Uma das primeiras capitais a ter as urnas apuradas quase em toda sua totalidade a capital paranaense terá segundo turno entre Ratinho Júnior (PSC, PR, PC do B e PT do B) e Gustavo Fruet (PDT, PT e PV). Ratinho terminou na frente, com 332.409 votos (34,09% do total). Fruet, em seguida, com 265.451 eleitores (27,22%). A pesquisa Datafolha, do último dia 6, indicava Ratinho Júnior com 37%, Luciano Ducci com 27% e Fruet com apenas 23%.

Derrotado por apenas 4.402 votos, Ducci obteve 261.049 votos, ou 26,77% do total dos curitibanos, cujo colégio eleitoral é de 1.172.939 eleitores. De acordo com os dados do Tribunal Superior Eleitoral, compareceram para votar 90,91% do eleitorado da capital.

Veja o especial do IG sobre as eleições 2012

Candidatos votam na eleição deste domingo em todo o País

Depois, vieram: Rafael Greca (PMDB), com 10,48%, Bruno Meirinho (PSOL), com 0,91%, Alzimara (PPL) , com 0,46%, Avanilson (PSTU), com 0,10 %.

Empresário conhecido por ser o filho do apresentador de televisão Ratinho, do SBT, Ratinho Júnior começou sua vida política em 2002, aos 21 anos, sendo eleito deputado estadual do Paraná pelo PSB. Em 2006, foi eleito deputado federal pelo PPS. Reelegeu-se em 2010 pelo PSC.

Fruet é filho do também político Maurício Fruet, ex-prefeito de Curitiba. Seu último cargo público foi de deputado federal, seu terceiro mandato. É formado em Direito pela Universidade Federal do Paraná, onde concluiu também mestrado e doutorado. Após negociações com diversos partidos, Fruet oficializou filiação ao PDT em 2011.

Voto a voto

A disputa entre Fruet e Luciano Ducci para conseguir chegar ao segundo turno ocorreu voto a voto. Após 30% das urnas apuradas, a diferença entre os dois oscilou entre 4 mil e 7 mil votos a favor do pedetista. O segundo turno somente ficou definido após a apuração de 99% das urnas na capital paranaense.

Todos os institutos de pesquisa apontavam um segundo turno entre Ratinho e Luciano Ducci. A virada de Fruet aconteceu justamente na última semana da corrida eleitoral em Curitiba. Nem mesmo pessoas próximas ao pedetistas acreditavam na possibilidade dele disputar a prefeitura com Ratinho Júnior. No front pedetista, correligionários de Fruet já imaginavam que ele deveria ficar de fora da disputa. O próprio ministro das Comunicações, Paulo Bernardo (PT), que apoia Fruet, já falava em um possível apoio da candidatura pedetista a Ratinho Júnior na reta final das eleições.

A derrota inédita do grupo do governador Beto Richa pode ser creditada a uma administração considerada desastrosa de Ducci. Ele vem oscilando níveis de aprovação na casa dos 40% e vem sendo cobrado pro obras inconclusas ou mesmo por não ter investido pesado na área da saúde.

Antonio Costa / Agencia de Noticias Gazeta do Povo
Ratinho Jr., candidato vota na Escola Municipal Vinhedos, em Santa Felicidade




    Leia tudo sobre: eleições2012eleições2012curitiba

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG