Em Florianópolis, PSD tenta conquistar sua primeira prefeitura numa capital

Mesmo sem reforço de Kassab, Cesar Souza Junior (PSD) tem a dianteira nas últimas pesquisas, seguido de Angela Albino (PC do B) e Gean Loureiro (PMDB)

iG São Paulo |

O PSD tenta neste domingo conquistar sua primeira prefeitura numa capital. O partido fundado no ano passado pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, assumiu a dianteira na disputa pela capital de Santa Catarina e tem candidato próprio em apenas mais uma capital - Cuiabá, onde Carlos Brito é o último colocado nas pesquisas.

Em Florianópolis, o ex-secretário de Turismo, Cultura e Esporte Cesar Souza Junior (PSD) chegou à reta final da campanha com 40% dos votos válidos, segundo a pesquisa Ibope divulgada na última sexta-feira . Em segundo lugar, a deputada estadual Angela Albino (PCdoB), soma  28% dos votos válidos e disputa com o peemedebista Gean Loureiro, que conta com 24%, uma vaga no segundo turno. Loureiro é apoiado pelo atual prefeito peemedebista da capital catarinense, Dário Berger, e seguido nos levantamentos de intenção de voto por  Elson Pereira (PSOL), Janaina Deitos (PPL) e Gilmar Salgado (PSTU).

Divulgação/Facebook
O candidato Cesar Souza Jr. tem 33% das intenções de voto na corrida pela prefeitura de Florianópolis

Acompanhe as últimas notícias sobre as eleições 2012

Ibope: Cesar Júnior tem 33%, Angela Albino, 27%, aponta pesquisa

Algumas das campanhas  na cidade contaram com o reforço de padrinhos políticos e líderes partidários, que compareceram à cidade para ajudar a alavancar candidaturas aliadas nas ruas ou nos programas eleitorais.

De olho na campanha presidencial de 2014 e no crescimento da liderança do governador pernambucano Eduardo Campos dentro do partido, o ex-ministro Ciro Gomes (PSB) deixou a campanha cearense no final de agosto para se dedicar ao apoio de candidaturas de aliados socialistas no Sul do país. Em Florianópolis, o Ciro subiu no palanque com Souza Junior, contra a candidata do PC do B. O cenário se inverteu no dia seguinte, quando Ciro viajou até Porto Alegre para apoiar a candidata Manuela D’Avila, do mesmo partido de Angela.

Lideranças do PSD também se engajaram com reservas na campanha. O governador do Estado, Raimundo Colombo, que migrou para a legenda no ano passado, gravou para o programa eleitoral do candidato e foi a principal arma de Souza Junior para garantir ao eleitorado que tem apoio. O presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab , viajou até Santa Catarina para apoiar candidaturas na região da grande Florianópolis, quando também se encontrou com o candidato da capital. O fundador do partido, entretanto, não entrou na campanha nem gravou material para o candidato.

Divulgação
Angela Albino (PCdoB) soma 27% nas pesquisas e segue em empate técnico com Cesar Souza Jr.

Leia também:  Ciro Gomes vai para o Sul apoiar candidatos do PSB

Angela, que tem como vice-prefeito o presidente municipal do PT, Nildomar Freire, recebeu o apoio do partido governista durante a campanha. Entre os petistas que gravaram para candidata do PC do B está o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a ministra Ideli Salvatti (Relações Institucionais), que também acompanhou Angela em caminhadas de campanha. A presidenta Dilma Rousseff também gravou material em apoio ao PC do B, partido de sua base aliada, mas sem fazer referência direta a Angela.

Apesar da recomendação de Dilma de que seus ministros não se engajassem nas disputas municipais , a candidata do PC do B foi uma das que mais acumulou participações destes na campanha: foram quatro no total. Além de Ideli, se engajaram também Aldo Rebello (Esportes), Alexandre Padilha (Saúde) e Tereza Campello (Desenvolvimento Social e Combate à Fome).

Com poucas lideranças do PMDB presentes, Loureiro se apoiou no atual prefeito Dário Berger (PMDB), que deixa o comando da capital catarinense após duas gestões bem avaliadas. No início da disputa, Loureiro chegou a afirmar que Berger era seu "maior cabo eleitoral".

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG