Disputa embola em seis capitais na véspera da eleição

Pesquisas apontam cenário incerto em São Paulo, Fortaleza, Curitiba, Belo Horizonte, Recife e Porto Velho

iG São Paulo |

Os últimos dias de campanha nos dois maiores colégios eleitorais do País, São Paulo e Belo Horizonte, e em outras capitais importantes, como Fortaleza, Curitiba, Recife e Porto Velho, foram marcados pela incerteza em relação aos resultados da urna, levando em conta as últimas pesquisas divulgadas neste sábado, véspera da votação. O caso de São Paulo é o mais emblemático: os três principais candidatos chegam empatados na reta final. Em Belo Horizonte, o PT pode levar a disputa para o segundo turno contra Marcio Lacerda (PSB), que, até então, contrariando o cenário certo de reeleição já no primeiro turno. 

Leia mais: Resultado das eleições em todo o País deve sair até as 22h de domingo

Veja o especial do iG sobre as eleições 2012

Guia do eleitor: Tire todas as suas dúvidas sobre as eleições 2012

Luiz Claudio Barbosa / Futura Press
Russomanno desidratou na reta final e disputa está empatada entre ele, Serra e Haddad

Em São Paulo, após liderar a corrida durante boa parte da campanha, o candidato do PRB à prefeitura, Celso Russomanno, finalmente “desidratou” – o que vinha sendo esperado pelos especialistas e cientistas políticos há meses, mas não se confirmava na prática. Ele chegou a ficar 17 pontos percentuais à frente de José Serra (PSDB) e com 23 de vantagem sobre Fernando Haddad (PT), mas nos últimos dias despencou, em meio a acusações e críticas dos adversários.

Datafolha: Serra tem 28% dos votos válidos, Russomanno, 27% e Haddad, 24%

Belo Horizonte: Datafolha mostra Lacerda com 50% dos votos válidos; Patrus tem 43%

A última pesquisa do Datafolha, divulgada neste sábado (6), véspera do primeiro turno, apontou Serra numericamente à frente de Russomanno nos votos válidos (que não incluem os brancos e nulos), com 28% a 27%. Haddad vem na sequência, com 24%, em cenário que configura um empate triplo entre os principais concorrentes. 

Na penúltima pesquisa do instituto, divulgada no dia 3, Russomanno tinha 25% na pesquisa estimulada, empatado tecnicamente com Serra (23%). Haddad aparecia com 19%. Em relação ao levantamento anterior, Russomanno havia perdido cinco pontos (tinha 30%). 

De acordo com o Ibope, Russomanno, Serra e Haddad estão rigorosamente empatados, com 26% dos votos válidos cada (e 22% nas intenções de voto).  

LEO FONTES/O TEMPO/AE
Disputa em BH pode ir ao 2º turno

Já em Belo Horizonte, segundo maior colégio eleitoral do País , a disputa que parecia se encaminhar para a definição já no 1º turno, com a reeleição do atual prefeito, Marcio Lacerda (PSB), agora ganha contornos de dramaticidade por conta da indefinição sobre a realização ou não do 2º turno.

De acordo com o Datafolha divulgado neste sábado, Lacerda tem 50% dos votos válidos e está no limite entre vencer ou não no 1º turno. Mas a distância em relação a Patrus Ananias (PT) caiu de 14 para sete pontos percentuais e agora aparece com 43%. Na pesquisa estimulada, Lacerda lidera com 44% das intenções de voto, ante 38% de Patrus.

Como a margem de erro do levantamento é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, o prefeito de Belo Horizonte pode ter entre 48% e 52% dos votos válidos, enquanto Patrus pode variar de 41% a 45%. Desta forma, não é possível dizer se haverá ou não 2º turno na capital mineira. Pelo Ibope, também divulgado no sábado, a vantagem de Lacerda é maior: 55% a 40%. 

Datafolha: No Recife, Julio tem 46% dos votos válidos; Coelho, 26%, e Costa, 21%

Divulgação
Geraldo Julio pode vencer a disputa no 1º turno

No Recife, a disputa pelo segundo lugar na disputa também ficou incerta com os novos resultados da pesquisa Datafolha divulgada neste sábado. Após uma trajetória de queda que começou em julho e terminou hoje, o candidato do PT Humberto Costa, observou uma oscilação positiva de três pontos percentuais e marca agora 19% das intenções de voto. No lado oposto, o tucano Daniel Coelho, que saiu dos 8% que tinha também em julho para 26% na última pesquisa divulgada pelo Datafolha, apresentou uma oscilação negativa neste sábado e tem agora 23%. Já pelo Ibope, a disputa se resolveria já no primeiro turno. Julio tem 54% dos votos válidos, Daniel Coelho aparece com 23%, e Humberto Costa, 18%. 

Caso haja segundo turno, o cenário é incerto sobre quem vai acompanhar o candidato Geraldo Júlio (PSB). Para complicar ainda mais o panorama recifense, o candidato socialista apoiado pelo governador Eduardo Campos (PSB) tem ainda 46% dos votos válidos, como apontou a pesquisa. Levando em consideração a margem de erro de quatro pontos percentuais, o eleição pode ainda ser resolvida no primeiro turno, caso Júlio obtenha mais de 50% dos votos válidos.

A capital pernambucana é ainda um possível palco para o ensaio para a disputa presidencial de 2014. Presidente nacional do PSB, Eduardo Campos tem investido em candidatos locais do partido e viajado pelo Brasil para promover sua imagem. A expectativa é que os socialistas partam com a aliança com o PT antes das eleições e lancem Campos como candidato próprio. A perspectiva tem influenciado outros cenários no país, com o racha entre os petistas e o PSB em Belo Horizonte, que motivou a candidatura de Ananias contra Lacerda.

Dentro do próprio PSB, lideranças como Ciro Gomes também se preocupam com a projeção de Campos. O ex-governador do Ceará, que nunca escondeu o desejo de se lançar à Presidência, deixou a campanha em seu estado natal para apoiar aliados do PSB em capitais como Florianópolis e Porto Alegre, deixando ainda mais clara a importância de Recife na disputa nacional.

Ibope:  Em Fortaleza, Elmano tem 28% dos votos válidos e Roberto Cláudio, 24%

iG Ceará
Elmano está tecnicamente empatado com o candidato do PSB Geraldo Júlio

Em Fortaleza, os candidatos Elmano de Freitas (PT) e Roberto Claudio (PSB) estão tecnicamente empatados e devem disputar o segundo turno. No entanto, o adversário Moroni Torgan (DEM), que liderou a disputa até meados de setembro, está no limite da margem de erro na disputa pelo segundo lugar com o candidato do PSB. 

Segundo pesquisa Ibope, divulgada no sábado, Elmano tem 28% dos votos válidos contra 24% de Roberto Cláudio e 18% . A margem de erro é de três pontos para mais ou para menos. 

Cenário semelhante a Fortaleza acontece em Curitiba , onde o azarão Ratinho Jr., filho do apresentador do SBT, lidera a disputa com 37% dos votos válidos. A disputa é para saber quem vai com ele ao segundo turno: o atual prefeito Luciano Ducci (PSB) ou Gustavo Fruet (PDT). O primeiro tem 27% dos votos válidos e o segundo, 23%. Levando em conta a margem de erro, que é de dois pontos para mais ou para menos, Fruet está no limite desse patamar.

Ibope:  Com 33% dos votos válidos, candidato do PV lidera em Porto Velho

Divulgação
Em Curitiba, candidatos brigam para ver quem vai para o 2º turno com Ratinho Jr.

Longe das disputas das grandes capitais, Porto Velho, capital de um dos Estados com menor colégio eleitoral do País, também observa uma disputa acirrada pelo segundo lugar da disputa . Líder da disputa, Lindomar Garçon (PV), tem 33% das intenções de voto e segue com folga em relação aos quatro candidatos que brigam pela vaga no segundo turno.

De acordo com última pesquisa Ibope, Dr. Mauro Nazif (PSB) e Mariana Carvalho (PSDB) aparecem com 17%, enquanto Mário Português da Coimbra (PPS) tem 15%, e Fátima Cleide (PT), 12%. Com a margem de erro de quatro pontos percentuais, os quatro candidatos seguem tecnicamente empatados, com chances de seguir para o segundo turno.

Apoiada pelo atual prefeito Roberto Sobrinho (PT), Fátima permanece como uma das “zebras” da disputa, já que não conseguiu se contagiar com a popularidade da gestão, que tem 71% de avaliação de ótima ou boa, segundo pesquisas.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG