Cesar Souza Junior e Gean Loureiro vão para o segundo turno em Florianópolis

Candidato do PSD Cesar Souza Junior liderou as pesquisas e confirmou o favoritismo. Gean Loureiro (PMDB) estava em terceiro nas pesquisas e superou Angela Albino (PCdoB)

iG São Paulo | - Atualizada às

Com todas as urnas apuradas, o candidato do PSD Cesar Souza Junior venceu a eleição para a Prefeitura de Florianópolis (SC) com 31,68% dos votos válidos. Em segundo lugar,  e também no segundo turno, ficou o candidato Gean Loureiro (PMDB), com 27,37% dos votos válidos, superando Angela Albino, do PCdoB, que alcançou 25,03% do eleitorado.

Acompanhe as últimas notícias sobre as eleições 2012
Confira como foi a votação para prefeito e vereadores em Florianópolis

Futura Press
César Souza, candidato à prefeitura de Florianópolis (SC), durante votação neste domingo (7)

Cesar Souza Junior é um dos dois candidatos próprios que do PSB, partido fundado no ano passado pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab , concorria em capitais - em Cuiabá, Carlos Brito já está fora da disputa.

Ex-secretário de Turismo, Cultura e Esporte, Cesar Souza Junior (PSD) chegou à reta final da campanha com 40% dos votos válidos , segundo a pesquisa Ibope divulgada na última sexta-feira. Em segundo lugar, estava a deputada estadual Angela Albino (PCdoB), que foi ultrapassada nas urna por Loureiro, candidato apoiado pelo atual prefeito peemedebista da capital catarinense, Dário Berger.

Algumas das campanhas na cidade contaram com o reforço de padrinhos políticos e líderes partidários, que compareceram à cidade para ajudar a alavancar candidaturas aliadas nas ruas ou nos programas eleitorais.

De olho na campanha presidencial de 2014 e no crescimento da liderança do governador pernambucano Eduardo Campos dentro do partido, o ex-ministro Ciro Gomes (PSB) deixou a campanha cearense no final de agosto para se dedicar ao apoio de candidaturas de aliados socialistas no Sul do país. Em Florianópolis, o Ciro subiu no palanque com Souza Junior. 

Lideranças do PSD também se engajaram com reservas na campanha. O governador do Estado, Raimundo Colombo, que migrou para a legenda no ano passado, gravou para o programa eleitoral do candidato e foi a principal arma de Souza Junior para garantir ao eleitorado que tem apoio. O presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab , viajou até Santa Catarina para apoiar candidaturas na região da grande Florianópolis, quando também se encontrou com o candidato da capital. O fundador do partido, entretanto, não entrou na campanha nem gravou material para o candidato.

Com poucas lideranças do PMDB presentes, Loureiro se apoiou no atual prefeito Dário Berger (PMDB), que deixa o comando da capital catarinense após duas gestões bem avaliadas. No início da disputa, Loureiro chegou a afirmar que Berger era seu "maior cabo eleitoral".

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG