138,5 milhões de brasileiros vão às urnas para escolher prefeitos e vereadores

Primeiro turno das eleições deste ano é realizado em 5.568 municípios; acompanhe a cobertura especial do iG, com notícias e ferramentas sobre a disputa em todo o Brasil

iG São Paulo | - Atualizada às

Neste domingo, 138,5 milhões de brasileiros irão às urnas para escolher prefeitos e vereadores no primeiro turno das eleições municipais, realizadas em 5.568 cidades. De acordo com as estatísticas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o Brasil tem mais de 140 milhões de eleitores. No entanto, não participam do pleito municipal os eleitores do Distrito Federal, de Fernando de Noronha e os residentes no exterior.

Especial: Confira a cobertura completa do iG sobre as eleições 2012

Última hora: Tire suas dúvidas sobre a votação de hoje no Guia do Eleitor do iG

Saiba mais: Educação Política - O que o prefeito faz com os impostos que você paga

A corrida municipal deste ano mobilizou 15.487 candidatos a prefeito e 449.194 para vereador, segundo os registros de candidaturas apresentados à Justiça Eleitoral. Eles disputam 5.568 vagas para os Executivos e 57.434 vagas para os Legislativo municipais do País. Somente até o começo de setembro, na segunda prestação de contas parcial à Justiça Eleitoral, candidatos em todo o País declararam gastos que, juntos, somavam R$ 1,18 bilhão. Materiais impressos de propaganda, como santinhos, cartazes, banners e cavaletes, respondiam até então à maior parte das despesas das candidaturas.

Os postulantes ao cargo de prefeito e vereador obtêm as verbas para realizar suas campanhas por meio de doações de pessoas físicas e jurídicas diretamente, e por meio dos repasses dos comitês financeiros de campanha e pelos próprios partidos. Entre as despesas, R$ 814,2 milhões foram gastos pelos candidatos, R$ 197,9 milhões pelos comitês e R$ 170 milhões pelos partidos. Considerando apenas os gastos dos candidatos, R$ 523,9 milhões foram destinados aos possíveis prefeitos e R$ 290,3 milhões aos candidatos a vereador. Estes valores, entretanto, são maiores, uma vez que não contemplam os repasses dos partidos e dos comitês, pois ambos não são obrigados a especificar na parcial entregue ao TSE para quem vai o dinheiro.

Agência Brasil
135,8 milhões de brasileiros escolhem prefeitos e vereadores neste domingo

Saiba mais: Mais de cem cidades têm apenas um candidato a prefeito

Votação eletrônica

No primeiro turno, 500 mil urnas eletrônicas serão utilizadas em 436.679 seções eleitorais, que receberão votos entre as 8h e 17h. De acordo com o TSE, os eleitores devem evitar os horários entre 10h e 13h, que costumam ter mais filas. É obrigatória a apresentação de um documento oficial com foto para que o eleitor comprove sua identidade.

Nas cidades com mais de 200 mil eleitores nas quais nenhum candidato tenha alcançado mais de 50% dos votos válidos, o segundo turno será realizado no dia 28. Neste ano, há expectativa de que ocorra segundo turno em 83 cidades. A previsão do TSE é de concluir a apuração em todo o País até as 22 horas deste domingo.

O voto é obrigatório para todo brasileiro alfabetizado e maior de 18 anos. Ele é facultativo para aqueles que têm idade entre 16 e 18 anos, para os maiores de 70 anos e para pessoas analfabetas. O Brasil tem 2.913.789 jovens entre 16 e 17 anos, 10.159.098 pessoas com 70 ou mais anos de idade e 7.792.250 analfabetos, segundo os dados do TSE. Os eleitores que deixarem de comparecer às urnas por três eleições consecutivas, sendo cada turno considerado uma eleição, podem ter seu título cancelado.

Perfil do eleitorado

O Brasil ganhou 4,8 milhões de novos eleitores neste ano, em relação à eleição de 2010, de acordo com as estatísticas divulgadas pelo TSE em julho deste ano. O eleitorado brasileiro é formado, em sua maioria, por mulheres entre 25 e 34 anos. No total de votantes, mais da metade é do sexo feminino (51,9%).

Leia também: Brasil tem 4,8 milhões de novos eleitores

Entre os Estados, São Paulo permanece como o maior colégio eleitoral do País, com 31.253.317 eleitores, representando sozinho mais de um quinto (22,2%) de todos os eleitores brasileiros. O Estado é seguido por Minas Gerais (10,6%), Rio de Janeiro (8,4%) e Bahia (7,1%). Os menores colégios eleitorais são Roraima (0,2%), Amapá (0,3%) e Acre (0,3%), todos na região Norte do País.

Ferramentas

Para auxiliar o eleitor na votação de hoje, o iG preparou uma página especial sobre as Eleições 2012 , com as principais notícias sobre as corridas municipais, ferramentas e serviços relacionados à disputa. O  Calendário Eleitoral traz as principais datas da corrida municipal em todo o País. Já o  Guia do Eleitor  oferece as respostas para as principais dúvidas relacionadas à votação, como a documentação necessária para comparecer à urna, o funcionamento da urna eletrônica e as regras da disputa definidas pela Justiça Eleitoral. 

Veja também: Especial Eleições 2012 aproxima cidadão da política

O iG criou também uma série especial com vídeos sobre   Educação Política , para explicar como funciona o processo eleitoral. Deveres e direitos dos postulantes na corrida estão detalhados na seção De Olho no Candidato . Para conhecer os políticos que disputam cargos de prefeito nas capitais brasileiras, basta recorrer aos Perfis de Candidatos  e conferir o desempenho de cada um na página de Pesquisas Eleitorais . E, logo antes de votar, basta imprimir os dados do seu candidato por meio da Cola Eleitoral do iG .

Na hora do resultado, será possível acompanhar a Apuração em Tempo Real em todo o País. Ao longo do dia, a produção de notícias está totalmente integrada às redes sociais, por meio do Facebook e do Twitter do Último Segundo. Outra opção é acompanhar a cobertura por meio do widget do Último Segundo, uma pequena janela que aparecerá na tela do seu site ou blog.

    Leia tudo sobre: eleições2012primeiro turnotseeleições

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG