Russomanno cai para 27%, Serra tem 19% e Haddad está com 18%, diz Ibope

Candidato do PRB se mantém na liderança na disputa pela Prefeitura de São Paulo; petista e tucano seguem empatados em 2º

iG São Paulo | - Atualizada às

O candidato do PRB à Prefeitura de São Paulo, Celso Russomanno (PRB), caiu sete pontos na pesquisa Ibope com o jornal O Estado de S. Paulo e a TV Globo divulgada nesta terça-feira. Russomanno tinha 34% das intenções de voto há uma semana e agora tem 27%.

Leia mais:  TV Globo desiste de realizar debate entre candidatos à Prefeitura de São Paulo

Veja o especial do iG sobre as eleições 2012

O tucano José Serra e o petista Fernando Haddad continuam em empate técnico na disputa pelo segundo lugar. O primeiro oscilou dois pontos e tem 19%, e o segundo ficou no mesmo patamar com 18%. A margem de erro da pesquisa é de três pontos para mais ou para menos.

Gabriel Chalita , do PMDB, chegou a 10% da preferência do eleitorado. Na pesquisa anterior, tinha 7%. Soninha Francine , do PPS, se manteve nos 4%. Paulinho da Força (PDT) não pontuou na pesquisa Ibope. Brancos e nulos somaram 11% e os indecisos estão em 9%.

Votos válidos, segundo turno e rejeição

Considerando os votos válidos, quando brancos e nulos são descartados, Russomanno tem 34%; Serra, 24%; Haddad, 22%; Chalita, 12%; Soninha, 5%; e Paulinho e Giannazi, 1% cada.

O Ibope também fez simulações de segundo turno. Se a eleição fosse hoje, Russomanno venceria a disputa contra Serra e Haddad. Em relação ao primeiro, a vitória seria de 46% a 28%. Contra o segundo, a vitória seria de 39% a 30%. Numa simulação entre Haddad e Serra, o petista levaria por 38% contra 31%.

A pesquisa também mediu a taxa de rejeição dos candidatos. Serra foi o mais citado, com 38% de rejeição. Na sequência, aparecem Haddad com 19%, Soninha com 17%, Russomanno com 16%, Paulinho da Força com14%, Fidelix com 12%, Eymael com 10%, Ana Luiza com 9%, Miguel com 9%, Chalita com 8, Anaí Caproni e Carlos Giannazi têm 7% cada.

O Ibope ouviu 1.204 pessoas entre os dias 27 de setembro e 2 de outubro. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o protocolo SP-1474/2012.



    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG