Dilma deve ir a Belo Horizonte para impulsionar candidato do PT

Presidenta deve participar de um ato político em favor do ex-ministro Patrus Ananias para tentar emplacar um segundo turno na capital mineira

Reuters |

Reuters

A presidenta Dilma Rousseff deve participar na quarta-feira de um ato político a favor do ex-ministro Patrus Ananias (PT), candidato à Prefeitura de Belo Horizonte e segundo colocado nas pesquisas.

Veja o especial do iG sobre as eleições 2012

Dilma em ato pró-Haddad: 'Meter o bico em São Paulo significa muito para mim'

Divlugação
Dilma participa de comício pró-Haddad ao lado de Lula e Marta a seis dias da eleição


Leia todas as notícias das eleições em Minas Gerais

Dilma vinha se mantendo afastada das disputas municipais, mas estreou na campanha em atos públicos na segunda-feira, quando participou de comício a favor do candidato à Prefeitura de São Paulo Fernando Haddad (PT), em um esforço para tentar garantir a colocação do petista no segundo turno.

O nome do ex-ministro Patrus Ananias, escalado pela presidenta Dilma e pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para enfrentar o ex-aliado Marcio Lacerda (PSB), foi lançado perto do prazo final para a costura de alianças.

A candidatura do petista surgiu com o fim da aliança PSB-PT , quando Lacerda anunciou que comporia sua coligação de vereadores com o PSDB, do governador Antonio Anastasia, contrariando os interesses petistas.

A ida de Dilma à capital mineira não fará parte da agenda oficial da presidenta. Patrus Ananias está num distante segundo lugar nas intenções de voto na capital mineira, com 32%, segundo pesquisa Datafolha divulgada no dia 27 de setembro.

O candidato do PSB, Marcio Lacerda, lidera com 45%, e pode eleger-se já no primeiro turno, neste domingo. Na última pesquisa Ibope, divulgada no dia 25, Lacerda tinha 17 pontos de vantagem sobre Ananias: 47% contra 30% .

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG