Lula sobe em palanque para alavancar campanha de petista em Osasco

Condenado pelo STF no julgamento do mensalão, o deputado João Paulo Cunha, que era o candidato do partido, deve comparecer ao evento de campanha de Jorge Lapas

iG São Paulo |

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai a Osasco nesta terça (2) para tentar manter o PT na administração da cidade da Região Metropolitana de São Paulo, o que ocorre desde 2005. Lula vai subir no palanque às 19 horas ao lado do candidato petista à prefeitura.

Leia também:  Substituto de João Paulo Cunha espera Lula em Osasco

Agência Estado
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante comício de Luiz Marinho, prefeito de São Bernardo


Veja o especial do iG sobre as eleições 2012

Jorge Lapas assumiu o posto deixado pelo deputado federal João Paulo Cunha (PT-SP). Amigo de Lula, João Paulo foi obrigado a desistir da candidatura depois de ser condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por corrupção e peculato no processo do mensalão .

O deputado petista deverá estar ao lado de Lula no comício, pois, na avaliação do PT, ele pode transferir votos para Lapas - João Paulo chegou a liderar as intenções de voto antes da desistência.

Leia:  Condenação tira João Paulo Cunha do cenário político por pelo menos 14 anos

Na pesquisa Ibope realizada entre os dias 11 e 13 de setembro, o candidato do PSDB, Celso Giglio, estava à frente, com 39%. Lapas estava em terceiro com 12% das intenções de voto, tecnicamente empatado com o segundo colocado, Osvaldo Vergínio (PSD), com 13%, mas o PT acredita que o candidato subiu o suficiente para chegar ao segundo turno.

Também sobe no palanque o prefeito licenciado Emídio de Souza (PT), que se afastou do cargo temporariamente para coordenar a campanha de Lapas.

O evento, no Jardim Conceição, contará ainda com a presença de vereadores dos vinte partidos da coligação "Osasco Unida com a Força do Povo", capitaneada pelo PT.

A cidade deve ser a última a ter comício de Lula, além da capital. O ex-presidente já esteve em São Bernardo do Campo, Santo André, Diadema, Mauá e Campinas.

Com Agência Estado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG