Em nota, Haddad critica Russomanno e Serra por cancelamento de debate

Record desistiu de realizar evento, alegando ausência dos candidatos do PRB e do PSDB; tucano nega ter recusado convite

iG São Paulo |

O candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, emitiu nota nesta quarta-feira com críticas a adversários por causa do cancelamento do debate que seria realizado no próximo dia 1º, pela TV Record . O petista centrou a maior parte das críticas no líder da disputa, Celso Russomanno (PRB), mas se queixou também da postura do tucano José Serra.

Saiba mais: Record cancela debate com candidatos à Prefeitura de São Paulo

Reação: Campanha de Serra nega recusa em ir a debate e critica Record e Russomanno

Na nota emitida hoje, a campanha de Haddad afirmou que expressa "profunda preocupação" com "as seguidas recusas" de Russomanno em participar de debates.  "O candidato do PRB demonstra reiterado desrespeito ao eleitorado com essa postura injustificada", diz o texto, citando o debate realizado pela Arquidiocese de São Paulo na semana passada e o confronto que seria organizado pelo jornal Folha de S. Paulo e pelo portal UOL, este último também cancelado. "A data ( do debate da Record ) poderia ter sido modificada em negociação com as demais campanhas, para acomodar sua agenda pessoal", disse a campanha de Haddad, em referência a Russomanno. 

"José Serra, que também não confirmara presença no debate da Record, e Celso Russomanno, devem repensar suas decisões. O debate democrático é de suma importância para o eleitorado comparar projetos e metas para São Paulo", disse Haddad.

O cancelamento do debate da Record foi comunicado nesta quarta , em nota na qual a emissora afirma não ter recebido resposta de Serra ao convite. Russomanno, segundo a Record, justificou a ausência alegando que, nesta data, está previsto o nascimento de sua filha. Após o comunicado, a campanha de Serra emitiu nota na qual negou que tenha se recusado a participar do evento e criticou a emissora e Russomanno . Mais tarde, em nova nota, a Record divulgou nova nota em resposta a Serra, reiterando que não obteve resposta do tucano, apesar das sucessivas tentativas de assegurar sua presença no confronto. 

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG