Sepúlveda Pertence renuncia à Presidência da Comissão de Ética

Saída de presidente da Comissão da Ética ocorre no mesmo dia da posse dos três novos indicados por Dilma Rousseff no órgão

iG São Paulo |

O presidente da Comissão de Ética da Presidência da República, Sepúlveda Pertence, renunciou ao cargo na manhã desta segunda-feira. A saída ocorre após a presidenta Dilma Rousseff não ter renovado o mandato de dois conselheiros e indicado três novos nomes para integrar o colegiado . Pertence estava na comissão desde dezembro de 2007.

"Acabo de encaminhar minha renúncia como membro e presidente do Comissão de Ética da Presidência. O quórum está restabelecido e tenho certeza de que a comissão continuará sensível a essa missão que, às vezes, é mal compreendida, mas gratificante", disse.

Mudanças:  Dilma nomeia três membros para a Comissão de Ética

Agência Brasil
Sepúlveda Pertence renunciou ao cargo nesta segunda-feira


Pertence nega que tenha algum motivo predominante para sua saída, mas destaca que houve uma mudança radical na comissão e lamentou que os conselheiros Marília Muricy e Fábio Coutinho, indicados por ele, não tenham sido reconduzidos.

“Não tenho nada contra os designados. Lamento, devo ser sincero, lamento a não recondução dos dois membros que eu havia indicado para a comissão e que a honraram e a dignificaram. Lamento a não recondução que, ao que me parece, um fato inédito na história da comissão”, afirmou Sepúlveda.

Marília recomendou à presidenta, no ano passado, a exoneração do então ministro do Trabalho, Carlos Lupi. Dilma se irritou, à época, por ter tomado conhecimento do fato pela imprensa, que foi comunicada antes da recomendação da comissão chegar ao gabinete presidencial.

Leia também: C omissão de Ética da Presidência arquiva denúncia contra Ideli Salvatti

Saiba mais: Oposição pede investigação contra Pimentel na Comissão de Ética

Já Fábio Coutinho foi conselheiro relator do caso do ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel. Ele também poderia ter o mandato renovado por mais três anos, mas isso não aconteceu. Em junho, ele defendeu a aplicação de advertência a Pimentel.

Ministro: Comissão de Ética pede explicações a Pimentel sobre consultorias

Nesta segunda-feira, antes de pedir renúncia, Sepúlveda Pertence deu posse aos três integrantes indicados pela presidenta Dilma Rousseff . Esta foi a última reunião de Pertence na comissão.

Dilma designou para o cargo , no início do mês, Marcello Alencar de Araújo, Mauro de Azevedo Menezes e Antonio Modesto Silveira para exercerem a função com mandato de três anos. Antes da nomeação, dos sete integrantes, apenas dois estavam em atividade: Pertence e Américo Lacombe.

Com Agência Estado e Agência Brasil

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG