No quarto bloco do debate, ala reservada ao PSDB na plateia já estava vazia

Aliados de Serra deixaram evento antes do fim: 'Tenho que cuidar da lojinha', justificou o prefeito Gilberto Kassab

Bruna Carvalho e Ricardo Galhardo - iG São Paulo | - Atualizada às

Se por um lado o ex-governador José Serra é notívago assumido, alguns de seus aliados não se abalaram em deixar o debate da TV Cultura no meio do evento. Antes mesmo do terceiro bloco, o governador Geraldo Alckmin; o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Barros Munhoz (PSDB) e o prefeito da capital paulista, Gilberto Kassab, já estavam de saída. 

Confronto: Haddad e Serra trocam ataques em debate na TV Cultura

Bastidores: Serra tira satisfação com Haddad no intervalo de debate na TV 

Galeria: Confira as imagens do debate realizado pela TV Cultura 

"Eu tenho que cuidar da lojinha", disse Kassab, ao se justificar na saída do auditório. "Amanhã eu acordo às 5h, 6h", completou Barros Munhoz. Kassab adorou quando o Serra defendeu sua gestão citando as realizações da prefeitura.

No momento em que o debate chegou ao quarto bloco, a ala reservada ao PSDB na plateia já estava praticamente vazia. Permaneceram a postos apenas o coordenador da campanha tucana, Edson Aparecido, e o vice Alexandre Schneider. 

Quando Kassab e Alckmin deixavam o debate, este último foi questionado sobre o desempenho de Serra. “Leva 10 com louvor”, afirmou o governador. Sobre Haddad, ele desconversou dizendo que quem vai dar nota para o petista é a população. Ao dizer isso, Alckmin tropeçou e quase caiu. Foi salvo por alguns assessores.

AE
Kassab disse ter que acordar cedo nesta terça: 'Tenho que cuidar da lojinha'

    Leia tudo sobre: eleições2012eleições2012sãopaulodebate

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG