Haddad declara maior arrecadação entre os candidatos à Prefeitura de São Paulo

Na segunda prestação parcial de contas, petista declarou R$ 10 milhões em doações e Serra, R$ 8 milhões; líder nas pesquisas, Russomanno disse ter arrecadado R$ 785 mil

iG São Paulo |

O petista Fernando Haddad contabilizou até o momento a maior arrecadação entre os candidatos à Prefeitura de São Paulo, no valor de R$ 10.075.966,39. De acordo com a segunda prestação de contas parcial apresentada nesta quinta-feira ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o petista é também o único entre os 12 postulantes ao comando da maior cidade do País a declarar um déficit nas contas até esta etapa. Por enquanto, ele soma R$ 16.479.911,68 em despesas.

José Serra (PSDB) declarou a segunda maior arrecadação até agora, com uma receita R$ 8.142.075,39. O candidato tucano é o que apresenta a maior disparidade entre arrecadação e gastos já contabilizados, com uma despesa de apenas R$ 809.315,12. O saldo positivo do candidato é de R$ 7.332.760,27. As campanhas do petista e do tucano não quiseram comentar os balanços.  

Agência Estado
Líder nas pesquisas, o candidato Celso Russomanno (PRB) quase dobrou sua verba em relação à declaração anterior

Veja o especial do iG sobre as eleições 2012

Assim como na prestação de contas anterior, o Gabriel Chalita (PMDB) permanece apenas com repasses da direção nacional do de seu partido. Os valores, entretanto, aumentaram consideravelmente, saltando de R$ 500 mil para os atuais R$ 5.100.000 mil.

Leia também: Serra chama FHC para gravar propaganda e aumenta presença de Alckmin

Leia mais: Marta estreia em programa de Haddad na TV e defende Bilhete Único Mensal

Pesquisa: Russomanno cresce e amplia vantagem sobre Serra, diz Datafolha

Sérgio Guerra: 'Russomanno é onda passageira', aposta presidente do PSDB

Celso Russomanno , que na prestação anterior contava com R$ 400 mil providos pelo fundo partidário, quase dobrou a arrecadação, e agora possui R$ 785.765,24. Em entrevista ao iG , o candidato afirmou que a primeira posição nas pesquisas atraiu o interesse de empresários, que estaria dispostos a fazer doações para a campanha.

Prestação de Contas

O TSE divulgou nesta quinta-feira (06) a segunda prestação parcial de contas de candidatos a prefeito e vereador que concorrem às eleições municipais deste ano. Os relatórios mostram as doações em dinheiro feitas para campanhas e suas despesas. Somente na apresentação da prestação final as contas devem indicar nominalmente doadores para as campanhas.

Os candidatos, partidos e comitês tiveram que apresentar a primeira parcial de contas de campanha até o dia 2 de agosto. O prazo para o envio da segunda prestação de contas parcial terminou no dia 2 de setembro.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG