Série do iG explica a importância das alianças partidárias na eleição

Para o cientista político Humberto Dantas, é fundamental que o eleitor tente entender “os interesses por trás das coligações” na hora de escolher o candidato

iG São Paulo | - Atualizada às

O iG apresenta, nesta quarta-feira, mais um episódio da série sobre educação política , que reúne ao todo oito programas dentro da cobertura especial das eleições municipais 2012 . O tema desta vez explica a importância das alianças partidárias na hora de escolher um candidato. Para o cientista político Humberto Dantas, é preciso prestar atenção nas “companhias” dos partidos que disputam a eleição.

Saiba tudo sobre a disputa eleitoral no página especial das eleições 2012

Calendário eleitoral: Confira as datas dos principais eventos das eleições 2012

Guia do eleitor: Tire suas dúvidas e saiba como usar a urna eletrônica

Ou seja, segundo ele, também neste caso vale o ditado: “Diga-me com quem andas e lhe direi quem és”. Dantas explica que objetivo principal as alianças é a busca por votos e que as coligações não necessariamente precisam ser mantidas após o pleito. Ele aconselha o eleitor a “tentar entender os interesses por trás das alianças”.

No episódio de estreia, Dantas explicou a importância da Lei da Ficha Limpa para coibir abusos de maus políticos. No segundo, foi a vez da Lei dos Bispos , que pune a compra de votos nas eleições. O terceiro explicou a importância do voto e o quarto mostrou como o marketing político  "encanta" o eleitor.

Outros temas abordados da série são votos brancos e nulos, como acompanhar o que pensa e o que faz seu candidato, entre outros.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG