Questionário não mostrava nome da candidata do PSB. Instituto alega que "falha técnica" aconteceu somente em cédula complementar e não afeta resultado.

A Justiça Eleitoral suspendeu a pesquisa Ibope para a Prefeitura de João Pessoa iniciada na última terça-feira (5) após identificar uma cédula de questionário em que não constava o nome da candidata do PSB, Estela Bezerra. O resultado da consulta seria divulgado na próxima sexta-feira (7).

Especial iG: Acompanhe as últimas notícias das eleições 2012

João Pessoa: Regra do TSE embola aliança entre senador e ex-governador

Um dos entrevistadores do instituto foi flagrado no primeiro dia de aplicação dos questionários com uma das cédulas em que se omitia o nome de Estela e detido pela Polícia Militar. A juíza eleitoral da 70ª zona eleitoral da Paraíba, Túlia Neves, decidiu suspender a realização da consulta ponderando não ser possível mensurar o prejuízo causado à candidata socialista.

Em nota, o Ibope admitiu “falha técnica” e alegou que questionário sem o nome da candidata era uma cédula complementar “e por isso não causa qualquer interferência nos resultados”.

Leia mais:  Derrotado em prévias, prefeito de João Pessoa anuncia desfiliação do PSB

Em uma segunda nota, o instituto informou sobre a decisão de cancelar a pesquisa e esclareceu ainda que o uso da cédula em questão “é um procedimento interno do Ibope e apenas complementar à entrevista, sendo que a pergunta considerada na divulgação é aquela estimulada, realizada no início da entrevista, em que o candidato aponta no disco em quem irá votar”.

O presidente do diretório municipal do PSB, Ronaldo Barbosa, colocou em dúvida a lisura da pesquisa e disse ser incompreensível o "esquecimento" do nome de Estela, "uma candidata com peso e chances reais de vencer a eleição".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.