Em Belo Horizonte, Lula orienta Patrus a não responder ataques de Lacerda

Ex-presidente compareceu a jantar antes de comício do candidato petista à prefeitura da capital mineira, a primeira participação ativa de Lula nas campanhas municipais

Agência Estado |

Agência Estado

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recomendou ao candidato do PT à Prefeitura de Belo Horizonte, Patrus Ananias , evitar responder a eventuais ataques do principal adversário, o prefeito Marcio Lacerda (PSB).

Vox Populi: Em Belo Horizonte, Lacerda tem 44%, e Patrus, 25%

Datafolha: Lacerda aparece com 16 pontos de vantagem sobre Patrus

AE
O candidato do PT à Prefeitura de Belo Horizonte, Patrus Ananias, durante campanha na região de Barreiro


A "ponderação", no entanto, foi feita em jantar na quinta-feira (30), do qual os petistas participaram na casa do presidente do diretório socialista em Minas, o ex-ministro Walfrido dos Mares Guia, que até o momento não se engajou na campanha do correligionário.

Saiba mais:  Lula abre maratona de campanha participando de comício de Patrus em BH

Segundo Patrus, que afirmou ter sido convidado para o jantar pelo próprio Walfrido, de quem é "amigo pessoal", o jantar foi um encontro familiar, sem discussão sobre a "questão específica" da eleição na capital mineira. Mas revelou que Lula deu um conselho.

"Ele fez uma ponderação que vou por rigorosamente em prática: não responder às provocações do adversário. Conversar sempre com a população de Belo Horizonte", contou o candidato.

Entrevista:  'PSB não disputará Presidência em 2014 e Dilma é quase imbatível'

Saiba mais:  Patrus acusa Lacerda de usar máquina pública em sua campanha

Em menos de dois meses, o petista e Lacerda já trocaram diversas hostilidades. Patrus, por exemplo, afirmou que Lacerda e seu principal cabo eleitoral, o senador Aécio Neves (PSDB-MG), mantêm uma relação "esquizofrênica" com o governo federal, elogiando em determinados momentos e atacando a gestão petista em outros. Já o socialista chegou a dizer que o adversário usa "táticas nazistas" durante a campanha.

Apesar da reunião com petistas na residência de um dos principais líderes do PSB em Minas, os correligionários de Walfrido evitam ver no ato uma provocação do ex-ministro, que trabalhou para manter a aliança com o PT.

O secretário-geral do PSB mineiro, Mário Assad Júnior, disse que vê o ato como "uma coisa pessoal". "Todo mundo sabe da proximidade do Lula e do Walfrido, a ponto de petistas ficarem com ciúme. Se ele for no comício com o Lula, aí sim seria provocação. (Mas) quem convidou o Patrus eu não sei", declarou.

Leia também:  Patrus, do PT, corre atrás do prejuízo em Belo Horizonte

Fotos

Lula desembarcou em Belo Horizonte na quinta-feira para fazer sua primeira participação ativa nas campanhas municipais, em comício de Patrus previsto para a noite desta sexta-feira.

O ex-presidente passou toda a manhã no hotel posando para fotos com 34 candidatos do PT em municípios mineiros com população acima de 50 mil habitantes. Segundo sua assessoria, não há agenda prevista para o restante do dia e ele deve passar a tarde no hotel se preparando para o comício.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG