Kassab afirma que Haddad foi 'péssimo' ministro

Prefeito rebateu afirmações do petista de que município não pediu verba federal para a Educação. "Se não teve entrosamento [com Ministério] foi incompetência de Haddad"

Agência Estado |

Agência Estado

Um dia após criticar a gestão petista na saúde, o prefeito Gilberto Kassab (PSD) convocou na terça-feira (29) a imprensa para visitar uma creche em Paraisópolis, na zona sul, e voltou a criticar Fernando Haddad (PT). Armado com estatísticas sobre as vagas em creches da cidade, o prefeito afirmou que Haddad foi "péssimo" ministro da Educação para São Paulo. "O que ele fez? Eu não dou o direito de vir cobrar a Prefeitura. Ele é quem tem que se explicar."

Leia também:  Haddad usa Lula para defender Bilhete Único Mensal

Saiba mais: Na TV, Serra e Haddad trocam críticas sobre 'descaso na saúde'

Kassab afirmou que o PT mente quando faz críticas relacionadas à falta de creches. "Lamento a postura do candidato Haddad. Até porque ele participou de um governo. No início da administração anterior (de Marta Suplicy , na qual Haddad foi secretário de Finanças), nós tínhamos 716 creches. Eles deixaram a Prefeitura com 817. Hoje, temos 1.505."

Leia mais: Soninha diz que Lula "exagera" em campanha por Haddad

O prefeito também rebateu afirmações de Haddad, que disse que o município não pediu verba federal para a Educação. "Quer dizer que de todos ministérios nós fomos pegar? Porque não temos nenhuma queixa do governo federal. Só não funcionou com a Educação. Se não teve entrosamento foi incompetência de Haddad."

Serra

Kassab negou que os dois ataques seguidos a Haddad sejam coordenados pela campanha de José Serra . Disse que já iria fazer vistoria à creche e aproveitou para rebater as críticas do candidato.

Especial iG: Saiba tudo sobre as eleições municipais de 2012

O prefeito também comentou a entrada de Marta Suplicy na campanha. "A Marta foi prefeita. Ela vai mostrar o que foi feito na gestão dela, do PT. E nós vamos mostrar o que foi feito na nossa. O eleitor vai dizer em quem vai votar. Ela tem todo direito. Eu acho que ela não foi boa prefeita".

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG