Lula avisa o PT que Dilma está fora da eleição para não se indispor com aliados

Declaração do ex-presidente frustrou as expectativas de boa parte da direção petista que esperava maior empenho da presidenta nas campanhas

Ricardo Galhardo - iG São Paulo |

Depois de dez anos, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva visitou hoje a sede nacional do PT na rua Silveira Martins, Sé, região central de São Paulo. O clima era festivo, alguns funcionários vestiram roupa nova, outros levaram mulher e filhos para serem fotografados com Lula, mas visita terminou com um balde de água fria. Em reunião com a comissão de acompanhamento eleitoral do PT, Lula praticamente descartou a participação da presidenta Dilma Rousseff nas campanhas petistas no primeiro turno das eleições municipais.

Cobertura iG: Acompanhe todas as notícias sobre as eleições municipais

Eleições em São Paulo:  Lula e Marta tentam 'selar a paz'

Segundo relatos de participantes da reunião, Lula disse que Dilma não participará da campanha da forma que o partido deseja para evitar rusgas na base aliada do governo no Congresso. De acordo com o ex-presidente, o PT precisa entender que Dilma não pode se indispor com partidos aliados. Em diversas cidades importantes, siglas que compõem a base do governo são adversárias do PT.

A declaração de Lula frustrou as expectativas de boa parte da direção petista que esperava maior empenho da presidenta na disputa eleitoral. Em conversa com o presidente do PT, Rui Falcão, na semana passada, Dilma disse que a partir do dia 8 de setembro estudaria a possibilidade de ir a algumas cidades.

Agenda:  Lula confirma primeiras participações na campanha de Haddad

A sinalização foi interpretada por muitos candidatos como a entrada de Dilma na disputa. Na segunda-feira, o candidato do PT à prefeitura do Recife, Humberto Costa, chegou a dizer que Dilma havia confirmado sua participação na campanha.

O próprio Lula terá suas limitações. Ele ainda faz sessões diárias de fonoaudiologia para melhorar a voz, prejudicada pelo agressivo tratamento que eliminou um câncer na laringe, e mesmo que não tivesse limitações, seria impossível atender a todas as demandas encaminhadas ao partido.

Horário eleitoral:  Lula estreia na TV pedindo votos para Fernando Haddad

O ex-presidente foi recebido com festa pelos funcionários do partido. Ele não ia à sede da rua Silveira Martins desde a campanha presidencial de 2002. Depois da posse, ele só visitou a sede do partido em Brasília.

Os funcionários do PT fizeram fila para serem fotografados ao lado de Lula, o receberam com frutas, sucos e café, deram de presente uma camisa do Corinthians com o número 13 e o nome do ex-presidente nas costas e um cartão com mensagens de carinho. Segundo relatos, Lula ficou emocionado.

    Leia tudo sobre: eleições2012eleições2012sãopauloluladilma

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG