‘Julgamento do mensalão termina em setembro’, diz Barbosa

O relator do processo afirmou que, a partir de agora, julgamento tomou “ritmo mais acelerado”

Wilson Lima - iG Brasília | - Atualizada às

O relator do processo do mensalão, Joaquim Barbosa, afirmou que o julgamento do mensalão provavelmente vai terminar em setembro. Nesta quarta-feira, o mensalão chegou à sua 13ª sessão e apenas cinco réus foram julgados.

Lewandowski pede para condenar ex-diretor do BB e Valério por corrupção

Suspeição: Advogados vão pedir impeachment de Toffoli no Senado

Voto de Barbosa: Pizzolato cometeu crime ao permitir desvio de R$ 2,9 mi do BB

Segundo o relator, a partir de agora o processo ganhou “ritmo” e a tendência é que até o final do próximo mês ele será concluído. Ainda de acordo com o relator, essa fase do julgamento é a mais demorada porque envolve os crimes mais complexos. A outra fase da análise do mensalão que também deve demandar um maior tempo dos ministros é a que envolve o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu; o ex-presidente do PT José Genoíno e o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares.

1ª condenação: Relator pede condenação do petista João Paulo Cunha por três crimes

O próprio voto de Barbosa tem outro seis tópicos e deve demandar pelo menos mais seis sessões do Supremo. A análise do ministro revisor, Ricardo Lewandowski, até o momento segue o mesmo ritmo da imposta pelo relator.

Cronologia: Relembre os fatos que resultaram no processo do mensalão

Veja o especial do iG sobre o julgamento do mensalão

Nesta quinta-feira, o ministro Ricardo Lewandowski continuará a proferir o seu voto dando seu posicionamento sobre o suposto esquema envolvendo a Câmara dos Deputados e as empresas de Marcos Valério.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG