Em estreia na TV, candidatos de Fortaleza evitam ataques a Luizianne

Ciro e Cid Gomes apareceram no programa para apresentar o candidato do PSB

iG Ceará |

Os dez candidatos à prefeitura de Fortaleza estrearam na propaganda eleitoral gratuita na televisão com poucas críticas à atual gestão da prefeita Luizianne Lins (PT), que tem rejeição na casa dos 40% . A maioria usou o programa para se apresentar aos eleitores.

Detentor do maior tempo de TV na capital cearense, o candidato da coligação "Para Renovar Fortaleza", Roberto Cláudio (PSB), investiu os 10 minutos para destacar a formação de médico-sanitarista e a breve carreira na política. O jingle do socialista - um forró ao estilo pé de serra - foi repetido quatro vezes e executado praticamente inteiro ao final do programa.

Leia mais: Após um mês nos bastidores, Luizianne entra na campanha em Fortaleza

Ibope: Candidato do DEM em Fortaleza lidera com 31%, diz pesquisa

Além do jingle, o candidato também recorreu bastante aos familiares, amigos, colegas de medicina e de partido. Crítico ferrenho da administração petista na capital cearense, o ex-ministro Ciro Gomes fez duas participações. Em uma delas, afirmou que Roberto Cláudio “é um médico talentoso que poderia estar em alguma outra especialidade médica para ser rico, mas fez opção pela saúde pública”. Já o governador Cid Gomes apareceu em fotos e fez apenas uma curta declaração chamando o candidato apoiado por ele de “trabalhador” e “competente”.

Ausências: Padrinhos políticos de peso têm ido pouco às ruas de Fortaleza

O candidato de Luizianne, Elmano de Freitas (PT), da coligação "Pra Cuidar das Pessoas", utilizou os seis minutos e 55 segundos do primeiro programa também para se apresentar. Ele mesmo tratou de narrar sua biografia, destacando a atuação na defesa de movimentos sociais como advogado. Quase sempre, o cenário e o tema usado nos vídeos foram de projetos e realizações da gestão de Luizianne Lins, como o Vila do Mar - obra de urbanização da orla de uma comunidade carente da cidade.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva apareceu por alguns segundos em um vídeo feito durante a sessão de fotos com o candidato petista para a campanha, mas não falou. Coube a Luizianne a participação mais importante do programa, citando melhorias dos índices de mortalidade infantil e da merenda escolar da rede municipal de ensino, além de destacar obras inauguradas e em funcionamento, como o Hospital da Mulher.

Acompanhe todas as notícias sobre as eleições em Fortaleza

Durante os três minutos de propaganda o candidato do PSDB, Marcos Cals, poupou a administração petista, embora tenha se colocado como a “verdadeira mudança” para Fortaleza. “Nunca estivemos apoiando a atual gestão”, lembrou o candidato a vice-prefeito, Fernando Hugo.

Líder com folga nas pesquisas, mas com pouco menos de dois minutos de televisão, o candidato do DEM, Moroni Torgan , ressaltou sua experiência na vida pública. Disputando a prefeitura de Fortaleza pela quarta vez consecutiva, Torgan já foi delegado da Polícia Federal, deputado federal, vice-governador e secretário de segurança pública do Ceará. “Dediquei minha vida a servir”, disse.

Saiba mais: Ex-prefeita de Fortaleza e 1ª mulher eleita na capital lidera boicote ao voto

O candidato do PSOL pela coligação “Fortaleza que nos Move”, Renato Roseno, e Valdecir Cunha, do PRTB, foram os únicos a endereçar ataques diretos contra a gestão petista. “Não estamos atrelados aos esquemas da prefeitura”, disse Roseno, sem explicar a quais “esquemas” fazia referência. O programa começou repetindo várias vezes seguidas a frase "Nada é impossível de mudar", quase como um mantra. Já Cunha disse que há “um sentimento geral de que a cidade está abandonada”.

Heitor Férrer , candidato do PDT pela coligação "Fortaleza Merece Mais” usou os dois minutos e 22 segundos de propaganda para se colocar como candidato independente. A exemplo de Roberto Cláudio, ele ressaltou a formação de médico e apresentou propostas para a saúde e segurança pública, área para a qual ele pretende criar uma secretária. O programa teve ainda a participação do senador Cristovam Buarque (PDT-DF) declarando seu apoio ao candidato pedetista.

O programa do candidato do PCdoB Inácio Arruda usou o um minuto e meio de tempo no primeiro dia na televisão para falar de planejamento urbano. O candidato do PSTU Gonzaga Mota chegou a destacar o apoio dado pelo partido à greve dos servidores federais. André Ramos, do PPL, lembrou que é o candidato mais jovem na disputa.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG