Marta diz que faz falta para Haddad, mas não sabe quando entra na campanha

Preterida na disputa em São Paulo, senadora e ex-prefeita se limitou a dizer que 'cada dia é uma avaliação' e que fará campanha 'no momento certo'

Daniel Aderaldo - iG Ceará | - Atualizada às

A senadora Marta Suplicy (PT-SP) admitiu na quarta-feira (15) que está fazendo falta na campanha do ex-ministro da Educação Fernando Haddad (PT) à Prefeitura de São Paulo, mas minimizou sua ausência ao julgar como bom o desempenho do candidato petista. Ela disse que ainda está avaliando sua participação na disputa.

"Cada dia é uma avaliação. Eu disse que no momento certo eu entraria na campanha”, declarou ao iG, em Fortaleza. Acompanhada do namorado, o empresário Marcio Toledo, ela esteve na capital cearense para assistir ao show de apresentação do novo Centro de Eventos do Ceará com o tenor espanhol Plácido Domingo, a convite do governador Cid Gomes (PSB).

Campanha: Dilma cede a pressão do PT e vai participar de campanhas eleitorais

Leia também:  Ausência de Dilma em Fortaleza decepciona Cid Gomes e Plácido Domingo

Clayton de Souza/AE
A senadora Contudo, a senadora avaliou que campanha de Haddad está indo bem. O petista tem 6% das intenções de voto, seguido o Ibope

Preterida pelo PT para concorrer nas eleições municipais, Marta preferiu dedicar seu tempo somente ao Senado e se retirar da campanha na capital paulista . Questionada sobre o impacto de sua ausência na candidatura de Haddad, afirmou que “sempre uma pessoa a mais em uma campanha, e que tem certa representatividade, pode fazer falta”.

Haddad lança plano de governo com 'arco do futuro' e replanejamento urbanístico

Contudo, a senadora minimizou o tamanho dos possíveis prejuízos. A campanha está indo bem. O Haddad está com uma boa proposta. Acho que a campanha não começou, para falar a verdade, para o eleitor. Começou para os candidatos, que estão conhecendo melhor a cidade e fazendo suas propostas. Nesse sentido, tudo caminha muito bem".

Lula: Ex-presidente escolhe Rio de Janeiro para entrar na campanha eleitoral

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG