Ministros decidem que Barbosa inicia leitura de voto do mensalão já nesta 4ª

Maioria dos integrantes do Supremo Tribunal Federal (STF) entenderam que o ministro relator do processo deve iniciar seu pronunciamento logo após o encerramento da defesa dos réus

Reuters |

Reuters

André Dusek/AE
O ministro do STF Joaquim Barbosa, relator do mensalão, começa a ler seu voto nesta quarta-feira

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiram no início da sessão desta quarta-feira (15) do julgamento do mensalão que o relator do processo, ministro Joaquim Barbosa, iniciará a leitura de seu voto na ação penal sobre o chamado mensalão ainda hoje, após o fim da fase de sustentações orais das defesas dos últimos três réus. 

Leia mais: Advogado pede mudança na forma do julgamento do mensalão

Leia também: Ex-marqueteiro de Lula, Duda Mendonça é destaque do último dia de réus

Na véspera, o presidente da Corte, Carlos Ayres Britto, já havia adiantado que a fase de leitura dos votos dos 11 ministros que compõem a Corte teria início nesta quarta.

Balanço: Aos ministros do STF, 25% dos réus do mensalão já admitiram caixa 2

Especial iG: Leia todas as notícias sobre o julgamento do mensalão

Antes do início das leituras dos votos, as três últimas defesas que ainda não se manifestaram falam por uma hora cada. O voto de Barbosa deve começar por volta das 17h30.

Os ministros debateram se deveriam começar a segunda fase do julgamento nesta quarta-feira ou se deveriam deixar para quinta.

Barbosa afirmou que deve fazer nesta quarta apenas as considerações preliminares. Ele tem até quatro sessões para concluir seu voto.

O prazo é o mesmo para o revisor do processo, o ministro Ricardo Lewandowski.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG