Menos votada, Erundina diz que enquete do iG sobre pior prefeito é 'referência'

Lançada pelo iG em 31 de julho, a enquete em plataforma revolucionária elegeu Marta Suplicy a pior prefeita de São Paulo nos últimos 20 anos; ao todo, foram mais de 100 mil votos

iG São Paulo | - Atualizada às

A ex-prefeita de São Paulo e deputada federal Luiza Erundina elogiou a nova plataforma de enquete lançada pelo iG no último dia 31, que apontou Marta Suplicy (PT) como a pior prefeita de São Paulo dos últimos 20 anos. Baseada no conceito de real time, a ferramenta proporciona uma interação completa e em tempo real entre todos os usuários do portal. "Eu dou meus parabéns para o iG por ter uma iniciativa como essas. É o tipo de iniciativa que ajuda a balizar o processo eleitoral”, disse a deputada, que teve menos votos na enquete sobre o pior prefeito da capital paulista.

Erundina chegou a ser vice na chapa de Fernando Haddad (PT) à prefeitura, mas desistiu do posto por discordar do apoio de Paulo Maluf (PP), seu adversário histórico.

Leia mais: Em enquete inovadora, Marta é eleita pior prefeita de SP dos últimos 20 anos

Repercussão: Enquete do iG passou dos 100 mil votos no sábado

Leia também: iG lança plataforma revolucionária que permite enquete em tempo real

Reprodução
Marta foi a mais votada em enquete inovadora do iG sobre o pior prefeito de São Paulo nos últimos 20 anos

Ao final da enquete, no último domingo (5), Marta, a vencedora, recebeu 44.577 votos, terminando bem à frente de José Serra (PSDB), com 26.771. Celso Pitta, Gilberto Kassab (PSD), Paulo Maluf (PP) e Luiza Erundina (PSB) apareceram em seguida, nesta ordem. Ao todo, foram computados 109.423 votos em seis dias.

Procurados pelo iG , o prefeito Kassab e os ex-prefeitos Marta, Serra e Maluf não quiseram comentar os resultados. Pitta morreu em 2009, vítima de câncer.

Ainda sobre a enquete, Erundina, que governou a capital paulista pelo PT entre 1989 e 1992, disse que o fato de ser a menos votada lhe “dá muita alegria, mas ao mesmo tempo muita responsabilidade de continuar um bom trabalho”. Ela atribuiu a boa avaliação do seu mandato a projetos sociais e a programas de habitação popular.

Questionada se teria planos de voltar à prefeitura, disse que a decisão não depende só dela. “Nunca um projeto desses é uma decisão pessoal, tem que ter condições que dependem do partido e de um mínimo de recursos”, afirmou.

Assim que foi lançada, a plataforma já teve um grande alcance nas redes sociais, em especial no Twitter e no Facebook. A repercussão da enquete do iG foi imediata e, durante a semana, vários usuários convocaram os amigos para votar na home do portal, fazendo com que a plataforma rapidamente se tornasse um viral na rede.

A tecnologia, criada pela IBT, empresa que pertence à Brztech, da qual faz parte o grupo português Ongoing, reduz o tempo entre a ação do usuário e a visualização, eliminando os atrasos decorrentes da atualização de páginas e de publicação. O grupo Ongoing é controlador do portal iG .

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG