A maratona de sessões do Supremo para julgar o mensalão tem previsão de término só em meados de setembro; hoje foi a vez dos advogados

Os ministros do STF já demonstram cansaço no terceiro dia de julgamento do mensalã o, uma maratona que teve início no último dia 2 e tem previsão de término apenas em meados de setembro. Hoje foi a vez de os advogados dos réus José Dirceu, José Genoino, Delúbio Soares, Marcos Valério e  Ramon Hollerbach. A fase da apresentação das defesas se estende até 15 de agosto, mas já no primeiro dia os ministros demonstraram cansaço. Gilmar Mendes e Joaquim Barbosa, por exemplo, foram flagrados de olhos fechados em plenário. 

Delúbio Soares: Advogado admite caixa 2 e diz que dinheiro do esquema era ilícito

José Genoino: Advogado diz que petista quer pôr fim ao calvário

José Dirceu: Advogado nega compra de votos e diz que não há provas

Réus do mensalão: Quem são os 38 acusados e a que crime respondem

O ministro do STF Gilmar Mendes não escondeu o cansaço durante fala de um dos advogados
André Coelho / Agência O Globo
O ministro do STF Gilmar Mendes não escondeu o cansaço durante fala de um dos advogados
O ministro Barbosa acompanhou o colega no 'descanso' e também foi flagrado de olhos fechados em plenário
André Coelho / Agência O Globo
O ministro Barbosa acompanhou o colega no 'descanso' e também foi flagrado de olhos fechados em plenário

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.