Senado segue Câmara e divulga salários, mas sem os nomes dos servidores

Por decisão do juiz federal Flávio Marcelo Sérvio Borges, da 17ª Vara do DF, não não feita identificação nominal dos funcionários, apesar de a publicação no site ser individualizada

Agência Senado |

Agência Senado

O Senado divulgou na noite da última terça-feira (31) as remunerações pagas aos seus servidores efetivos e comissionados. Por decisão liminar do juiz federal Flávio Marcelo Sérvio Borges, da 17ª Vara do Distrito Federal, não foi feita a identificação nominal dos servidores, apesar de a publicação no Portal da Transparência ser individualizada. 

Leia mais: Câmara tem 1,3 mil servidores com salário acima do teto

O acesso aos dados é feito por meio de link no Portal da Transparência. Para consultar as informações, o interessado deve se identificar.

Leia mais: Congresso fará divulgação de salários sem dar nomes de servidores

Leia também: Justiça barra divulgação de salários de servidores da Câmara

A iniciativa do Senado de tornar público o pagamento do seu quadro de servidores tem como base a Lei de Acesso à Informação (Lei 12.527/2011).

Além dos salários dos servidores, contratos e despesas orçamentárias da Casa, todos os dados legislativos produzidos desde o ano 2000 estão disponíveis para consulta e acompanhamento na internet, bem como os vídeos e áudios das sessões plenárias e das reuniões das comissões.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG