Por decisão do juiz federal Flávio Marcelo Sérvio Borges, da 17ª Vara do DF, não não feita identificação nominal dos funcionários, apesar de a publicação no site ser individualizada

Agência Senado

O Senado divulgou na noite da última terça-feira (31) as remunerações pagas aos seus servidores efetivos e comissionados. Por decisão liminar do juiz federal Flávio Marcelo Sérvio Borges, da 17ª Vara do Distrito Federal, não foi feita a identificação nominal dos servidores, apesar de a publicação no Portal da Transparência ser individualizada. 

Leia mais: Câmara tem 1,3 mil servidores com salário acima do teto

O acesso aos dados é feito por meio de link no Portal da Transparência. Para consultar as informações, o interessado deve se identificar.

Leia mais: Congresso fará divulgação de salários sem dar nomes de servidores

Leia também: Justiça barra divulgação de salários de servidores da Câmara

A iniciativa do Senado de tornar público o pagamento do seu quadro de servidores tem como base a Lei de Acesso à Informação (Lei 12.527/2011).

Além dos salários dos servidores, contratos e despesas orçamentárias da Casa, todos os dados legislativos produzidos desde o ano 2000 estão disponíveis para consulta e acompanhamento na internet, bem como os vídeos e áudios das sessões plenárias e das reuniões das comissões.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.