Brasil tem 4,8 milhões de novos eleitores

Ao todo, são mais de 140 milhões, mas em outubro serão pouco mais de 138 milhões; não vota em 2012 quem mora no DF, em Fernando de Noronha e no exterior

iG São Paulo | - Atualizada às

O Brasil possui atualmente 140.646.446 eleitores aptos a votar, cerca de 4,8 milhões a mais do que em 2010, de acordo levantamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Destes, 138.544.348 devem participar do pleito municipal, no qual não votam os 1.847.896 eleitores do Distrito Federal, os 1.859 de Fernando de Noronha (PE) e os 252.343 brasileiros que residem no exterior. As informações são do novo relatório com o perfil do eleitorado brasileiro em 2012, divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nesta segunda-feira (30).

Veja o especial do iG sobre as eleições 2012

Agência Brasil
O primeiro turno das eleições ocorre em 7 de outubro


Saiba mais: Só 16% dos eleitores paulistanos fogem da polarização entre PT e PSDB

Educação política: Lei dos Bispos ‘é 2º tema da série do iG

Leia também: PT e PSDB disputam comando de 'prefeituras bilionárias'

Geografia do voto

As estatísticas apontam que a região Sudeste do País é a que concentra o maior eleitorado brasileiro, com cerca de 43,2% de todos os eleitores. A região Nordeste é o segundo maior eleitorado nacional, com aproximadamente 27,1% de votantes, seguida pela região Sul (14,7%), Norte (7,5%) e Centro-Oeste (7,1%). As porcentagens são semelhantes às apontadas pelo relatório anterior.

Entre os Estados, São Paulo permanece como o maior colégio eleitoral do País, com 31.253.317 votantes, representando sozinho mais de um quinto (22,2%) de todos os eleitores brasileiros. O Estado é seguido por Minas Gerais (10,6%), Rio de Janeiro (8,4%) e Bahia (7,1%), o primeiro Estado fora da região Sudeste a aparecer no ranking. Os menores colégios eleitorais são Roraima (0,2%), Amapá (0,3%) e Acre (0,3%), todos na região Norte do País.

Em relação a 2010, dois Estados apresentaram queda no número de votantes, Alagoas e Sergipe, com respectivamente cerca de 170 mil e 40 mil eleitores a menos.

Eleições 2012: Vereadores declaram ao TSE que ficaram mais pobres

Perfil do eleitor

Segundo os últimos dados do TSE, diminuiu em cerca de 1,5% os eleitores que possuem ensino fundamental incompleto, que agora representam 31,8% do eleitorado, enquanto aumentaram os números de votantes com ensino médio completo (de 13,1% para 14,5%) e superior completo (de 3,7% para 4,4%). Os analfabetos, que não são obrigados a ir às urnas, representam cerca de 5,5% do total, ou aproximadamente 7,7 milhões de pessoas.

No quesito educação, quase um quarto (23,6%) dos eleitores estão na faixa etária de 25 a 34 anos de idade, seguidos pela faixa de 45 a 59 anos (23%) e de 35 a 44 anos (19,5%). Já os eleitores facultativos, aqueles com 16 ou 17 anos, representam 2% do total.

As mulheres continuam como a maioria, representando 51,9% do eleitorado  Os eleitores masculinos representam 47,9% do total. Outros 134.046 eleitores não informaram o sexo.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG