Após 13 anos, senador cassado por elo com o bicheiro Cachoeira voltou nesta sexta para o seu antigo emprego: o de procurador de Justiça no Ministério Público de Goiás

Agência Estado

Após 13 anos, o ex-senador Demóstenes Torres voltou nesta sexta-feira para o seu antigo emprego - o de procurador de Justiça no Ministério Público de Goiás. Demóstenes foi cassado por quebra de decoro parlamentar, após descoberta sua relação com o bicheiro Carlinhos Cachoeira, preso na Operação Monte Carlo, acusado de comandar a exploração de jogos ilegais em Goiás.

Demóstenes Torres volta ao trabalho como procurador de Justiça do Estado de Goiás
Futura Press
Demóstenes Torres volta ao trabalho como procurador de Justiça do Estado de Goiás

Ao chegar na sala 306, às 10h33, o ex-senador se negou a dar entrevistas. Após 10 minutos, pediu cafezinho e foi servido, por uma copeira do MP. Despachou com um assessor e recebeu a vista de dois amigos - um deles, promotor público. Um processo disciplinar, instaurado pela Corregedoria-Geral do MP, apura eventual falta disciplinar do titular da 27ª Procuradoria de Justiça.

Demóstenes cumpre expediente agora na 27ª Procuradoria Criminal em Goiânia
Futura Press
Demóstenes cumpre expediente agora na 27ª Procuradoria Criminal em Goiânia

Demóstenes Torres agora dirige seu próprio carro para o trabalho na 27ª Procuradoria Criminal em Goiânia
Futura Press
Demóstenes Torres agora dirige seu próprio carro para o trabalho na 27ª Procuradoria Criminal em Goiânia


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.