São Paulo tem 5 mil candidatos impugnados

Motivos vão desde simples formalidades como a não apresentação de documentos até faltas graves como condenações na Justiça

iG São Paulo |

Cinco mil dos aproximadamente 80 mil candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador inscritos no estado de São Paulo tiveram suas candidaturas impugnadas na última semana, de acordo com a Procuradoria Regional Eleitoral.

Leia mais:  Brasil tem pelo menos 23 mil gestores e políticos “fichas sujas”

Os motivos vão desde simples formalidades como a não apresentação de documentos obrigatórios para o registro das candidaturas até faltas graves como condenações a inelegibilidade por ilegalidades no uso de verbas públicas ou enquadramento na lei da Ficha Limpa.

Ficha Limpa é tema do 1º programa do iG sobre educação política

Calendário eleitoral: Confira as datas dos principais eventos das eleições 2012

Segundo a procuradoria, a lista tende a aumentar nas próximas semanas, quando os dados apresentados pelos candidatos serão cruzados com informações fornecidas por órgãos responsáveis pelas condenações a inelegibilidade (tribunais de contas, Tribunal de Justiça e o Tribunal Regional Federal).

Guia do eleitor: Tire suas dúvidas e saiba como usar a urna eletrônica

Leia mais: Empresa vende perfil no Twitter para candidatos nas eleições

Nesta fase do processo eleitoral a impugnações podem ser propostas pelos promotores eleitorais, partidos políticos, coligações ou candidatos. Caso as irregularidades sejam comprovadas, os registros podem ser negados.

Segundo a procuradoria, 104 casos de inelegibilidade foram contabilizados no Estado até agora, sendo que 38 deles são de políticos que já exerceram mandatos e tiveram suas contas rejeitadas pela Justiça.

No total, foram registradas até agora 79.473 candidaturas em São Paulo para as eleições municipais de outubro (2011 candidatos a prefeito, 2015 a vice-prefeito e 75.447 a vereador).

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG