Humberto Costa, do PT, lidera no Recife com 40% das intenções de voto, diz Ibope

Candidato que contou com a chancela do ex-presidente Lula tem ampla vantagem sobre os adversários; Geraldo Julio, do PSB do governador Eduardo Campos, é o 4º, com apenas 5%

iG São Paulo |

Agência Estado

Ricardo Stuckert/Instituto Lula
O senador Humberto Costa foi escolhido candidato do PT à Prefeitura do Recife com apoio de Lula

O senador Humberto Costa, candidato do PT à Prefeitura do Recife, saiu na dianteira na primeira pesquisa Ibope para a eleição municipal deste ano. O petista, que saiu vitorioso de um processo de disputa interna desgastante para a legenda, tem 40% das intenções de voto, seguido por Mendonça Filho, do DEM, com metade das intenções de voto do primeiro colocado - 20%.

Leia mais: Preterido no PT, Rands deixa partido, governo e renuncia ao mandato

Leia também: 'Artilheiro' de Eduardo Campos, Geraldo Julio é o candidato do PSB

Em terceiro lugar, vem o tucano Daniel Coelho, com 9%. O PSB, com Geraldo Julio, candidato do governador de Pernambuco, Eduardo Campos , ocupa a quarta posição, com 5% das intenções de voto.

Mais eleição: Humberto Costa diz que Lula prometeu participar da campanha no Recife

Conflito: PT quer proibir PSB de usar a imagem de Lula no Recife

Esteves Jacinto (PRTB) teve 2%, enquanto Edna Costa (PPL) e Jair Pedro (PSTU) apareceram com 1% das intenções de voto, cada um. Roberto Numeriano, do PCB, não pontuou. Votos brancos e nulos somaram 14% e 7% disseram não saber em quem votar ou não responderam.

A pesquisa, encomendada pela TV Globo e jornal Folha de Pernambuco - registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE) sob o número 00046/2012 - foi divulgada nesta segunda-feira (16). Foram ouvidas 805 pessoas entre os dias 12 e 14 de julho. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

PT x PSB

A formalização da candidatura própria do PSB aprofundou a crise com o PT no Recife. Os partidos tinham um acordo no qual o PSB seria apoiado nas disputas para o governo e o PT para a prefeitura. Campos rompeu o acordo, alegando que o PT não tem unidade interna.

O atual prefeito, João da Costa (PT), se revoltou contra Humberto depois de ser afastado da disputa pela direção nacional do PT a pedido do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva .

Com Agência Estado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG