Chamado de 'cabo de chicote', relator da CPI diz que não se intimida com Perillo

Deputado Odair Cunha (PT-MG) rebate declarações do governador de Goiás e afirma que a organização criminosa está instalada na administração do Estado

iG São Paulo |

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), disse nesta quinta-feira (28) que o relator da CPI do Cachoeira, deputado Odair Cunha (PT-MG), "tem que agir como relator isento, não pode ser cabo de chicote de ninguém" . Em resposta, o petista afirmou que não se intimidará com a declaração e continuará investigando as relações de Perillo com o contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlos Cachoeira.

Leia mais: Perillo ataca relator da CPI: 'Não pode ser cabo de chicote'

A declaração de Perillo foi uma resposta à afirmação feita nesta semana por Cunha de que o governador tucano teria mentido em seu depoimento na CPI, quando contou o episódio sobre a venda de um imóvel em Goiânia. "Está evidente que a história foi montada. A história da casa é para esconder a relação do governador com o senhor Carlos Cachoeira", disse o deputado na última terça-feira.

Agência Câmara
Relator da CPI, deputado Odair Cunha (PT-MG) subiu o tom contra o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB)

Perillo afirmou nesta quinta que já comparecer à CPI, onde passou 9 horas respondendo a todas as perguntas e se declarou tranquilo. "Fiz um negócio particular, vendi uma casa minha, de forma lícita, recebi e coloquei no Imposto de Renda", disse o governador a jornalistas, após participar de cerimônia de lançamento de estudos para um futuro trem ligando Brasília, Anápolis (GO) e Goiânia.

Aao ser questionado sobre as declarações de Perillo, Cunha retrucou: "Infelizmente, a organização criminosa está no governo de Goiás".  O relator disse ainda que espera que o governador colabore com a investigação. "Que as pessoas que estão submetidas às ordens dele ou que serviram seu governo venham aqui e colaborem com a investigação", afirmou. 

Com Reuters

    Leia tudo sobre: cpi do cachoeiracarlinhos cachoeiraodair cunhamarconi perilloPSDBPTgoiás

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG