Haddad tem de 'comer muito arroz e feijão', diz Soninha

Candidata à Prefeitura de São Paulo pelo PPS se disse otimista com sua candidatura, oficializada hoje em evento na Câmara Municipal

iG São Paulo | - Atualizada às

A candidata do Partido Popular Socialista (PPS) à Prefeitura de São Paulo, Soninha Francine, afirmou neste sábado, durante evento na Câmara Municipal em que foi formalizada candidata, que está otimista com sua campanha para a Prefeitura de São Paulo. "Faz tempo que não temos uma eleição tão imprevisível em São Paulo", afirmou.

Leia também:  PMDB oficializa candidatura de Eduardo Paes à Prefeitura do Rio

AE
Soninha Francine foi oficializada candidata pelo PPS neste sábado


Saiba mais:  PcdoB declara apoio à candidatura de Fernando Haddad

"Acredito que temos no mínimo uma vaga em aberto em São Paulo no segundo turno. Estou numa curva ascendente. O Haddad (Fernando Haddad, pré-candidato do PT) tem que comer muito arroz, feijão e couve para chegar lá."

De acordo com a pesquisa mais recente sobre a disputa na capital paulista, divulgada pelo Datafolha no último domingo (17), o pré-candidato do PSDB, José Serra , está na liderança com 30% das intenções de voto.

Em seguida, aparece Celso Russomano (PRB), com 21%, seguido por Soninha (PPS) e Fernando Haddad (PT), empatados com 8%, Netinho de Paula (PCdoB), com 7%, Gabriel Chalita (PMDB), com 6%, e Paulinho da Força (PDT), com 5%.

Saiba mais: PSDB autoriza 'chapão', mas pressiona para indicar vice de Serra

Num eventual segundo turno do qual não participe, Soninha disse que apoiará Serra. "A minha primeira opção sou eu. A segunda é o candidato para quem eu fiz campanha para a Presidência." Ela foi coordenadora da campanha de internet de Serra em 2010.

A candidatura de Soninha foi formalizada neste sábado em evento Câmara Municipal. O PPS fechou uma coligação com o Partido da Mobilização Nacional (PMN), que indicou o candidato a vice, Lucas Albano.

Além da dupla da eleição majoritária, o PPS e o PMN lançam uma chapa com 110 candidatos a vereador. A convenção conta com a apresentação de grupos de percussão de comunidades carentes, que usam instrumentos feitos de sucata.

Agência Estado

    Leia tudo sobre: eleições2012eleições2012sãopaulosoninhasoninha francineppspmn

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG