Campos Machado afirma que candidatura é para valer e que colega vive 'dilema shakespeariano', pois ninguém acredita que ele é postulante à prefeitura

Agência Estado

O presidente do PTB paulista, Campos Machado, disse ser para valer a candidatura a prefeito de Luiz Flávio D'Urso e afirmou que o colega vive um dilema "shakespeariano", já que "ninguém acredita que ele é candidato".

Leia também:  D'Urso diz que foi convidado por PSDB, PT, PMDB e PRB para ser vice

Campos Machado diz que D'Urso deve viver dilema shakesperiano
AE
Campos Machado diz que D'Urso deve viver dilema shakesperiano

PTB: D'Urso anuncia licença da presidência da OAB-SP para se dedicar à pré-campanha

"Eles acham que vamos acabar sendo vice de um ou de outro, como sempre ocorreu em São Paulo. Mas agora eu não tenho como recuar dessa situação, que é fundamental para o futuro do partido. Se quero ter um partido sério, preciso definir posição. Para mim, seria muito mais cômodo ter candidato a vice, porque vice não perde eleição", disse o deputado estadual.

"Sabe qual é o problema? D'Urso vive o dilema shakespeariano. Ninguém acredita que ele é candidato."

Em busca de tempo de TV, o pré-candidato do PSDB José Serra procurou Campos, após perder o PP para Fernando Haddad (PT). O PTB tem 49 segundos em cada um dos dois blocos da propaganda eleitoral na TV.

Poder Online: Kassab e Alckmin trabalham para convencer PTB a apoiar Serra

Dirigentes do PT paulista e paulistano também conversaram com o parlamentar e o sondaram sobre uma aliança. O partido procura um vice para Haddad, depois que a deputada Luiza Erundina (PSB-SP) declinou do convite nesta semana . As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.