Após desistência de Erundina, PT admite que Leci Brandão pode ser vice de Haddad

Presidente municipal do PT e coordenador da pré-campanha de Haddad, Antonio Donato, admitiu, no entanto, que a prioridade para a indicação continua sendo do PSB

Ricardo Galhardo - iG São Paulo |

O vereador Antonio Donato, presidente municipal do PT e coordenador geral da campanha de Fernando Haddad à Prefeitura de São Paulo, lamentou a decisão da deputada Luiza Erundina (PSB) de deixar a candidatura a vice. Segundo ele, o PSB continua com a prioridade para apresentar um novo nome, mas a deputada estadual Leci Brandão (PC do B) seria bem aceita pela campanha.

Leia mais: Luiza Erundina desiste de ser vice de Haddad

Poder Online: Erundina falou primeiro com a imprensa, admite presidente do PSB

“Mantemos o acordo com o PSB. A prioridade (para indicar o vice) é do PSB. Conversamos com a direção do partido e eles ficaram de indicar um nome o mais rápido possível”, disse Donato. Entretanto, questionado se o nome de Leci tem chances, ele respondeu: “Tem, sim. Se o PSB não indicar outro vice, vamos considerar com carinho o nome da deputada Leci Brandão”.

Donato fez questão de deixar claro que tanto Erundina quanto o PSB, por meio do vice-presidente nacional Roberto Amaral, foram informados da possibilidade concreta de aliança com o PP de Paulo Maluf.

“Lamentamos. A gente contava com Erundina na campanha mas ela tomou uma decisão pessoal apesar de estar informada de toda nossa movimentação”, disse Donato.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG