Internado, Lula passa por biópsia na garganta

Resultado de exame confirma eliminação do tumor. Ex-presidente passa a noite no hospital Sírio-Libanês e amanhã médicos vão retirar cateter usado durante tratamento

Ricardo Galhardo - iG São Paulo | - Atualizada às

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai passar a noite de quarta-feira para quinta-feira no Hospital Sírio-Libanês, na capital paulista. Lula foi submetido a uma nova biopsia na garganta e a uma endoscopia. O resultado dos exames confirmaram a eliminação do tumor. 

Lula será submetido amanhã a uma pequena cirurgia para a retirada do cateter utilizado durante o tratamento contra o câncer na laringe

Ricardo Stuckert/Instituto Lula
Na terça-feira, Lula recebeu a visita do pré-candidato do PT em Recife Humberto Costa

De acordo com a assessoria do ex-presidente, ele passou o dia no hospital realizando exames.

Segundo boletim médico divulgado às 19h, haverá uma "reavaliação da laringe, procedimento já pré-agendado".

Embora o câncer tenha regredido 100%, Lula ainda apresenta um edema na garganta, uma sequela da doença. A expectativa dos médicos é de que o nódulo seja eliminado dentro de, no máximo, um mês.

Rio+20

No sábado, Lula vai abrir a programação oficial da Arena Socioambiental, durante a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, no Rio de Janeiro. Ele é um dos 56 debatedores da Arena Socioambiental.

Tudo sobre a Rio+20

O ex-presidente participa do primeiro painel da Arena Encontros Globais sobre “Erradicação da Pobreza e Desenvolvimento Sustentável”, ao lado das ministras do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, do ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, e do presidente do Conselho Nacional das Comunidades Extrativistas, Manoel Cunha.

O ex-presidente volta no próprio sábado para São Bernardo do Campo, no ABC Paulista.

Na terça-feira da próxima semana, Lula retorna ao Rio de Janeiro para conversar com chefes de Estado de países africanos, sobre cooperação em políticas públicas para o desenvolvimento e combate à miséria, uma das linhas de trabalho do Instituto Lula.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG