Em tom de campanha, Paes inaugura centro cultural no Rio

Prefeito da capital fluminense e pré-candidato à reeleição, peemedebista fez críticas a seus adversários políticos, Cesar Maia e Anthony Garotinho

Anderson Dezan , iG Rio de Janeiro |

JP Engelbrecht/Divulgação
O prefeito do Rio, Eduardo Paes, na inauguração do Imperator - Centro Cultural João Nogueira

Em tom de campanha eleitoral, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB), pré-candidato à reeleição, inaugurou na noite da última terça-feira (12) o Centro Cultural João Nogueira , no Méier, zona norte da capital fluminense. Durante seu discurso, Paes exaltou a reabertura, em seu governo, do espaço onde funcionava a casa de espetáculos Imperator - que estava abandonado havia 16 anos - e aproveitou para valorizar sua administração. 

Leia mais: Centro Cultural João Nogueira é inaugurado no Rio

"Finalmente, você encontrou um prefeito que restaurou o Imperator. Pronto, fiz minha campanha", disse Paes ao presidente da associação de moradores do bairro, durante a cerimônia de inauguração. 

O prefeito do Rio também aproveitou o discurso para fazer críticas indiretas ao ex-prefeito Cesar Maia e ao ex-governador Anthony Garotinho. Os dois são pais de adversários políticos do atual prefeito, Rodrigo Maia e Clarissa Garotinho, respectivamente. Maia é pré-candidato nas eleições deste ano e terá Clarissa como vice em sua chapa. 

"Neste espaço (do centro cultural), já teve prefeito e governador brigando para ver quem ia desapropriá-lo. O espaço foi fechado porque o prefeito brigava com o governador e o governador xingava o prefeito e também o presidente, e assim ia", afirmou Paes. 

Foi durante os mandatos de Cesar Maia e Garotinho na prefeitura e no governo do Estado que o espaço ficou fechado. Os dois eram adversários e, desde o ano passado, formaram uma aliança política contra o atual prefeito. 

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG