PSB anunciará apoio a Haddad na sexta

Presidente nacional da legenda, Eduardo Campos, virá a São Paulo e baterá o martelo em reunião com Lula; com a aliança, petista ganhará 1 minuto e 20 segundos na TV

Ricardo Galhardo , iG São Paulo |

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos, presidente nacional do PSB, vem a São Paulo nesta sexta-feira para oficializar o apoio do partido à candidatura do ex-ministro da Educação Fernando Haddad (PT) à prefeitura de São Paulo.

Leia mais: PSB recusa nome do PT e anuncia candidatura própria em Fortaleza

Leia também: Marta critica Kassab por trânsito e evita comentar campanha de Haddad

Saiba tudo sobre as eleições municipais de 2012 em todo o País

O martelo será batido em reunião com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, padrinho da candidatura de Haddad, e deve contar com a presença do vice-presidente do PSB, Roberto Amaral.

AE
Candidato bancado por Lula, Fernando Haddad receberá primeiro apoio de peso na campanha, do PSB

Com a aliança, Haddad ganhará um minuto e vinte segundos no horário eleitoral na TV e, principalmente, romperá o isolamento político que sua candidatura enfrenta. A confirmação acontece depois de PT e PSB romperem as alianças em Fortaleza e Recife, onde cada partido deve lançar seu próprio candidato.

O PSB terá prioridade para indicar o candidato a vice de Haddad. Os nomes mais cotados são os da deputada Luiza Erundina (a preferida do PT) e Eduardo Storópoli, reitor da UniNove.

O PT espera fechar na semana que vem o apoio do PC do B, cujo candidato é o vereador Netinho de Paula. A aliança, no entanto, ainda depende de negociações entre as principais lideranças do PC do B e a chapa de candidatos a vereador.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG