Lula diz que pedirá voto 'com convicção' para Paes no Rio

Reunidos na inauguração do túnel José de Alencar, ex-presidente e governador entraram em clima de campanha e fizeram discursos de apoio ao prefeito, que tenta reeleição

Valor Online |

Valor Online

Reunidos na inauguração do túnel José de Alencar, que liga o Recreio dos Bandeirantes a Guaratiba, na zona oeste do Rio de Janeiro, o governador Sérgio Cabral (PMDB), o prefeito Eduardo Paes (PMDB) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) entraram em clima de campanha e fizeram discursos pró Paes, candidato à reeleição esse ano.

Veja o especial do iG sobre as eleições 2012

Com poucas chances, oposição ao prefeito Eduardo Paes mira em 2014

AE
Sérgio Cabral, Lula e Eduardo Paes inauguram a Transoeste, o primeiro corredor expresso do Rio


Lula, que estava rouco e prometeu falar pouco, discursou por 14 minutos. "Em 2008, quando eu estava na Base Aérea de Santa Cruz, o Sérgio Cabral chegou com um cidadão que eu pouco conhecia pedindo para apoiá-lo. Eu confesso, tinha dúvida e fui convencido pelo Sérgio. Agora vejo que valeu a pena pedir voto para o Eduardo Paes. Farei isso em 2012 com muita convicção", afirmou o ex-presidente.

Lula elogiou a ligação entre as regiões mais pobres e mais ricas da cidade, se referindo à Barra da Tijuca e à região de Campo Grande, que, com a obra, passam a ganhar uma via expressa ligando os bairros e um transporte público mais eficiente, o Bus Rapid Transit (BRT), corredor rápido de ônibus. E concluiu: "Valeu a pena votar no Eduardo Paes".

Leia também: Em tom de campanha, Dilma elogia Eduardo Paes no Rio

O governador Sérgio Cabral também foi na mesma direção. "O Eduardo está honrando cada palavra dada nas eleições de 2008", disse para um grupo de cerca de 500 pessoas - a maioria trazida por políticos para a inauguração.

Cabral citou as obras de revitalização da região do porto, perguntou a Paes quantas creches ele já tinha inaugurado e finalizou: "O Eduardo Paes é o melhor prefeito que a cidade do Rio de Janeiro já teve".

O próprio Eduardo Paes aproveitou a ocasião para elogiar seu governo. Também listou uma série de obras, falando de clínicas da família, da reforma do Hospital Pedro 2º e da privatização do serviço de esgoto da zona oeste. "Não fizemos tudo, mas ainda há muito o que fazer", afirmou Paes.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG