Kassab oferece vaga no Tribunal de Contas ao presidente do PR

Partido da base de Dilma fechou apoio a Serra em São Paulo, mas nega relação entre aliança e cargo no TCM

Ricardo Galhardo - iG São Paulo | - Atualizada às

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD), ofereceu uma vaga de conselheiro no Tribunal de Contas do Município ao vereador Antonio Carlos Rodrigues, presidente municipal do PR e um dos artífices da aliança do partido com o candidato do PSDB à prefeitura, José Serra.

Segundo a assessoria do TCM-SP, atualmente existe uma vaga aberta no tribunal.

São Paulo: Aliança para 2014 pesou na decisão do PR de apoiar Serra

Eleição:  PSDB e DEM resistem a ‘chapão’ com PSD para Câmara

Rodrigues confirmou ter recebido o convite, mas negou que isso tenha alguma relação com o apoio a Serra. “O Kassab me fez o convite em dezembro, muito antes de fecharmos a aliança. Estou organizando minha campanha para vereador e não tenho interesse algum em ir para o tribunal”, disse Rodrigues.

Antes de fechar o acordo com Serra, o PR era cortejado pelo PT, que esperava apoio do partido ao candidato Fernando Haddad. Segundo fontes petistas, além dos agrados ao PR municipal, o fato de a presidenta Dilma Rousseff ter se negado a ceder cargos no governo federal foi um dos motivos para que o partido de Rodrigues rejeitasse Haddad.

Leia também: PSDB e DEM negociam aliança na corrida à prefeitura de 15 capitais

“Vamos com Serra porque a direção nacional decidiu que ele é o melhor candidato”, justificou Rodrigues que, no entanto, confirmou a insatisfação do partido com Dilma. “Se não servimos para participar do governo federal também não servimos para participar do governo municipal”, disse o vereador, que também é o primeiro suplente da senadora Marta Suplicy (PT-SP).

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG