Marco Maia e líderes ajudam a esvaziar Câmara com visita a China

Comitiva brasileira chega ao país dois dias antes do início da agenda oficial e se recusa a informar custos da viagem, que é bancada com recursos públicos

Fred Raposo , iG Brasília |

Divulgação
Comitiva brasileira em visita ao estaleiro chinês Waigaoqio

O presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS), e líderes partidários da base e da oposição ajudaram a esvaziar a semana de trabalhos na Casa com uma visita a China. 

Alegando missão oficial, a comitiva brasileira embarcou para o país dois dias antes da data de início das atividades com os chineses, que inclui visitas a obras e a empresas de tecnologia, além de encontros com autoridades locais.

Questionada pelo iG , a assessoria de imprensa da presidência da Câmara dos Deputados se recusou a informar o custo da viagem oficial, que é bancada com recursos públicos. A previsão é que a delegação brasileira retorne ao Brasil apenas no próximo domingo.

Além de Maia, a comitiva inclui o líder do PT na Câmara, Jilmar Tatto (SP), o líder do PSDB, Bruno Araújo (PE), a presidenta Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Casa, Perpétua Almeida (PCdoB-AC), o presidente do Grupo Parlamentar de Amizade Brasil-China, Osmar Júnior (PCdoB-PI), e o deputado Fábio Ramalho (PV-MG).

Leia também: Marco Maia e comitiva preparam as malas para a China

A viagem esvaziou a pauta de votações no plenário da Casa e também na CPI do Cachoeira . Com o esvaziamento das sessões desta semana - também marcada pelo feriado de Corpus Christi, na quinta-feira -, a Câmara só deve retomar a votação de projetos a partir do dia 12, quando Maia pretende então pautar matérias ligadas a segurança pública.

A comitiva de Maia chegou à China na sexta-feira, apesar de a programação da missão oficial  ter começado somente no domingo, com uma visita ao Porto de Yangshan, a cerca de 120 quilômetros de Shangai. Nesta mesma cidade, a delegação brasileira visitou hoje o estaleiro Waigaoqio, um dos maiores do mundo.

Encontro com Hu Jintao

A agenda desta segunda-feira incluiu ainda uma recepção do presidente do Comitê Permanente da Assembleia Popular do Município de Shangai, Luo Zhijun, e uma visita ao Centro de Pesquisa da Huawei, onde os parlamentares assistiram palestra de executivos da empresa privada da área de telecomunicação.

Amanhã, a comitiva de parlamentares viaja para Nanjing e, em seguida, para a capital Pequim, onde deve se recebida pelo presidente chinês, Hu Jintao, e pelo Primeiro-Ministro, Wen Jiabao. O restante da programação não foi divulgada pela assessoria de imprensa da presidência da Câmara até o fechamento desta reportagem.

    Leia tudo sobre: marco maiachinacpicachoeiracâmara dos deputados

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG