Após cateterismo, presidente da CPI se licencia por uma semana

Senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) foi submetido à cirurgia na última sexta-feira em São Paulo; deputado Paulo Teixeira (PT-SP) assume o cargo interinamente

Reuters |

Reuters

O presidente da CPI do Cachoeira, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), se licenciou por uma semana do cargo, e os trabalhos da comissão serão comandados nesse período pelo deputado Paulo Teixeira (PT-SP).

Leia mais: Para Sarney, STF vai manter decisão da CPI que quebrou sigilo da Delta

Leia também: CPI deve convocar assessor de Cachoeira que denunciou Perillo

Mais CPI: Na mira de investigação, Delta ainda arremata contratos públicos

Rêgo passará a semana em Campina Grande, interior da Paraíba, e só voltará aos trabalhos após o feriado de Corpus Christi, segundo informações da Agência Senado. O parlamentar se submeteu na última sexta-feira a um cateterismo no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

Agência Senado
O senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) foi submetido a um cateterismo e pediu licença da presidência da CPI por uma semana

De acordo com boletim médico do hospital, o cateterismo de Rêgo mostrou-se normal. Ainda assim, o senador recebeu recomendação médica de manter repouso.

Com a licença de Rêgo, Teixeira, que é vice-presidente da comissão que investiga as ligações do empresário Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, com políticos e empresários, comandará a reunião da comissão na terça-feira.

Assim, os dois principais postos de comando da CPI serão ocupados por parlamentares do PT. O relator da comissão é o também petista Odair Cunha (MG).

Cachoeira, preso desde fevereiro sob acusação de comandar uma rede de jogos ilegais, é alvo da CPI que investiga suas relações com políticos e empresários.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG