PT escolhe Elmano Freitas para disputar prefeitura de Fortaleza

Ficou a cargo de Rui Falcão convencer o governador Cid Gomes (PSB) a dar apoio a petista que nunca disputou cargo eletivo

Daniel Aderaldo, iG Ceará |

Daniel Aderaldo/iG Ceará
Elmano Freitas será candidato do PT na disputa pela prefeitura da capital cearense
O PT definiu na tarde deste domingo que o secretário de Educação de Fortaleza, Elmano Freitas, será o candidato do partido na disputa pela prefeitura da capital cearense.

O próximo passo é tentar obter o apoio do governador do Ceará Cid Gomes (PSB) para a candidatura.

A decisão do PT veio antes de um posicionamento de Cid Gomes sobre a manutenção da aliança com seu partido. PSB e PT estão juntos no Ceará desde 2004, quando Luizianne se elegeu pela primeira vez.

Contudo, o nome de Elmano não é visto com simpatia dentro do PSB, o que protelou por diversas vezes uma definição que fechasse questão sobre a composição da chapa.

Leia mais: Impasse sobre obra da Copa aumenta tensão entre Cid e Luizianne

Embora o apoio de Cid seja tido como importante pelo PT, o diretório municipal resolveu não adiar mais a escolha do nome do candidato. “Temos vergonha na cara de não ficar esperando. Temos lutas e projetos”, discursou Luizianne durante o evento, que reuniu cerca de 600 militantes no auditório de em um hotel da capital.

A missão de convencer Cid a dar apoio ao petista ficou a cargo do presidente Nacional do PT, Rui Falcão. Ele esteve em Fortaleza para participar do encontro municipal e terá uma reunião com o governador ainda neste domingo, no município de Sobral, reduto da família Ferreira Gomes. O resultado da conversa será divulgado pelo próprio Falcão em uma coletiva de imprensa na manhã desta segunda-feira.

Falcão deve propor a Cid que, em troca do apoio, ele conduza o processo de escolha do candidato ao governo do Estado em 2014. “Nenhum militante do PT será um obstáculo a manutenção dessa aliança em 2014”, afirmou.

Elmano disse estar otimista com a mediação de Falcão. “Acho que começamos a ter uma conversa madura entre partidos que nacionalmente estão unificados e que têm projetos futuros de alianças futuras. Nós vamos com fé de que vamos manter essa aliança", declarou à imprensa.

A escolha da candidatura foi feita por 300 delegados do diretório municipal da sigla.

Dois dos três pré-candidatos que disputavam com Elmano Freitas retiraram seus nomes antes do encontro. Apenas o deputado federal Artur Bruno permaneceu no páreo, mas foi derrotado por larga maioria. A votação serviu apenas para confirmar um resultado já dado como certo.

Além da predileção da prefeita Luizianne Lins, Elmano contou com o apoio de petistas de peso, como o senador José Pimentel, líder do governo da presidenta Dilma Rousseff no Congresso, e do deputado federal José Guimarães, vice-líder de Dilma na Câmara Federal.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG