Marta Suplicy diz que atitude de Gilmar Mendes é incompreensível

Senadora comentou sobre a polêmica de uma suposta pressão do ex-presidente para adiar o julgamento do mensalão no STF

iG São Paulo |

A senadora Marta Suplicy (PT-SP) questionou nesta quinta-feira a postura do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF) na polêmica com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva .

"É incompreensível a atitude do ministro Gilmar", disse ela em referência à entrevista dada por Mendes à revista Veja , na qual diz ter se sentido pressionado pelo ex-presidente Lula em reunião no escritório do ex-ministro da Defesa e da Justiça e ex-presidente do STF, Nelson Jobim.

Revista: Lula teria procurado ministro do STF para adiar julgamento do mensalão

AE
Marta Suplicy conversa com ex-presidente Lula em evento na Câmara dos Vereadores (21/5)

"Se ocorreu ou não, existem versões. E, mesmo que tivesse ocorrido (o encontro), a reação foi muito além de qualquer coisa", afirmou a senadora. "Acho que ficou um ponto de interrogação mais para o lado do ministro que para o presidente Lula", acrescentou.

Em entrevista à revista Veja , Gilmar Mendes afirma que Lula teria oferecido blindagem na CPI que investiga a atuação de Carlinhos Cachoeira . Em troca, segundo Mendes, Lula teria pedido o adiamento do julgamento do mensalão no Supremo.

'Estamos lidando com gângsteres', diz Gilmar Mendes sobre acusações

Em nota, Lula confirmou o encontro com o ministro Gilmar Mendes, mas negou ter tentado interferir na Corte. “A reunião existiu, mas a versão da Veja sobre o teor da conversa é inverídica. ‘Meu sentimento é de indignação’”, disse.

Com Valor Online

    Leia tudo sobre: lulamarta suplicygilmar mendesmensalãocachoeira

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG