Letra de samba usado por Demóstenes fala em orgia e em dar dinheiro

Senador recorreu a Ismael Silva para justificar que nem tudo o que se diz se faz, mas íntegra da composição não funciona como peça de defesa. Confira

iG São Paulo |

O senador Demóstenes Torres (GO-sem partido) depôs por mais de cinco horas no Conselho de Ética do Senado na última terça-feira. Para tentar se defender das acusações de colocar o mandato a serviço do bicheiro Carlos Cachoeira, alvo de dois inquéritos e uma CPI, Demóstenes, além de negar tudo e se dizer traído pelo ‘amigo’ bicheiro, usou letra de samba e apelos a Deus e à fé.

Ouça o samba de Ismael Silva

Conselho de Ética: Em defesa, Demóstenes diz ter reencontrado Deus

Leia também: Demóstenes pede para não ser ouvido na CPI do Cachoeira

AE
Demóstenes conversa com seu advogado durante depoimento no Conselho de Ética

O senador citou a música Nem é bom falar , de Ismael Silva, para rebater as acusações de que participava dos negócios de Cachoeira, como mostram grampos telefônicos da Polícia Federal na operação que levou o bicheiro à prisão: “Nem tudo o que se diz se faz”, disse o senador usando o início da letra do samba em sua defesa.

Cinco horas de depoimento: Demóstenes nega usar mandato a serviço de Cachoeira

Embora não citada por Demóstenes, a terceira estrofe soa no mínimo curiosa em meio a denúncias de sua relação com Cachoeira: “Mas esta vida/Não há quem me faça deixar/Por falares tanto/A polícia quer saber/Se eu dou meu dinheiro todo a você”.

Antes e depois: Prisão de Carlinhos Cachoeira completa três meses

Demóstenes disse que, muitas vezes, para se livrar de interlocutores, dizem-se certas coisas que não necessariamente tornam-se ações. “Eu peço às Vossas Excelências para ser julgado pelo que eu fiz, não pelo que eu disse.” Ao começar seu depoimento, Demóstenes falou sobre sua trajetória no Senado e disse que este é o “pior momento” de sua vida.

O senador também apelou para a fé. Disse que só pôde entrar no Conselho de Ética e enfrentar os seus colegas graças a redescoberta de Deus em sua vida. “Parece um fato pequeno mas acho que minha atuação era mais pautada pelos homens do que por Deus. Se eu cheguei aqui, é porque eu readquiri a fé”, afirmou.

Questionado posteriormente se as referências a Deus e à sua família não seriam parte de uma estratégia de defesa para tentar sensibilizar a opinião pública, Demóstenes respondeu: “Eu sou um homem de vergonha na cara. Eu fiquei um mês para ter coragem de olhar para os senhores senadores. Acho que ninguém pode usar o nome de Deus em vão, como estratégia. Eu sou um carola.”

Veja a letra do samba na íntegra

Nem é Bom Falar - Ismael Silva

Nem tudo que se diz se faz
Eu digo e serei capaz
De não resistir
Nem é bom falar
Se a orgia se acabar

(Tu, falas muito, meu bem
E precisas deixar
Tu falas muito, meu bem
E precisas deixar
Senão eu acabo
Dando pra gritar na rua
Eu quero uma mulher bem nua.)

Mas esta vida
Não há quem me faça deixar
Por falares tanto
A polícia quer saber
Se eu dou meu dinheiro todo a você

Até que enfim
Eu agora estou descansado
Até que enfim
Eu agora estou descansado
Ela deu o fora
Foi morar lá na Favela
E eu não quero saber mais dela

    Leia tudo sobre: cpi do cachoeirademóstenes torres

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG