Temer diz que Dilma deve fazer vetos parciais ao Código Florestal

Vice-presidente da República comentou sobre a decisão da presidenta, que tem até esta sexta para optar pela sanção ou pelo veto

iG São Paulo |

O vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB-SP), afirmou nesta quinta-feira que a presidenta Dilma Rousseff deverá vetar parcialmente o texto do novo Código Florestal. Dilma tem até esta sexta para decidir pela sanção ou pelo veto (total ou parcial). 

Leia mais: Governo recebe 2 milhões de assinaturas contra o Código Florestal

Leia também: Ministra diz ser pouco provável veto total de Dilma ao Código

Saiba mais: Dilma sinalizou veto parcial ao texto do Código Florestal, diz ex-ministro

Ao deixar a reunião com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, e o empresário João Dória Júnior, Temer foi perguntado por jornalistas a respeito da decisão da presidenta sobre o Código Florestal e limitou-se a dizer apenas: “vetos parciais”.

Entenda: Saiba quais são os principais pontos do Código Florestal aprovado pela Câmara

Desde a semana passada, Dilma tem tido constantes reuniões com ministros de pastas envolvidas nas discussões sobre o Código Florestal para avaliar o documento ponto a ponto. As reuniões se estenderam pelo fim de semana e, nesta tarde, ela se reúne com o ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, e outros ministros.

O texto do Código Florestal chegou à Casa Civil no último dia 7 de maio. A versão aprovada pelos deputados desagradou a ambientalistas e não era a que o Palácio do Planalto esperava aprovar. Durante a tramitação no Senado, o governo conseguiu chegar a um texto mais equilibrado, mas a bancada ruralista na Câmara alterou o projeto e voltou a incluir pontos controversos. 

Com Agência Brasil

    Leia tudo sobre: código florestaldilma rousseffmichel temer

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG