CPI ouve três acusados de integrar grupo de Cachoeira

Dadá, principal personagem a comparecer na CPI nesta quinta-feira, deve ficar em silêncio

iG São Paulo |

A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do Cachoeira ouve nesta quinta-feira os depoimentos de três dos acusados de envolvimento direto com o contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira. Eles foram presos pelas operações Vegas e Monte Carlo da Polícia Federal.

Leia também: Assim como Cachoeira, Dadá vai ficar calado na CPI

Os depoentes de hoje serão Idalberto Matias de Araújo, o Dadá, acusado de ser uma espécie de "espião" do grupo de Cachoeira; o ex-vereador Wladimir Henrique Garcez, apontado como facilitador do grupo junto às polícias Civil e Militar de Goiás; e Jairo Martins de Souza, apontado nas investigações como envolvido nas atividades ilícitas praticadas pela organização criminosa.

Na terça-feira, Carlinhos Cachoeira compareceu à CPI, mas usou seu direito constitucional de ficar em silêncio , o que irritou parlamentares. A sessão foi encerrada antes do programado.

    Leia tudo sobre: dadácpi do cachoeiracarlinhos cachoeiragoiás

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG