Candidatura de Serra deixa caminho livre para Aécio em 2014, diz aliado

Narcio Rodrigues diz que governo Anastasia trabalha para fortalecer candidatura de senador mineiro a presidente do Brasil

Denise Motta, iG Minas Gerais |

Divulgação PSDB-MG
Aécio Neves e Narcio Rodrigues
Um dos principais articuladores do senador Aécio Neves (PSDB-MG), o deputado federal licenciado Narcio Rodrigues (PSDB-MG), afirmou nesta quarta-feira (16) que a disputa municipal em São Paulo deixa o caminho livre para o senador tucano concorrer à Presidência da República, em 2014. Para Narcio, secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do governo Antonio Anastasia, José Serra escolheu o espaço municipal e “não pode ser candidato a tudo”.

“O Serra ganhar é bom pra nós. O Serra perder é bom pra nós. O Serra está numa disputa municipal. Nós não temos mais preocupação de que ele venha a ser candidato à Presidência da República. Ele fez a escolha dele e isso libera o Aécio para, naturalmente, ser o candidato do PSDB”, destacou o deputado tucano, que já presidiu o PSDB mineiro e, em 2012, trabalhou na tentativa de viabilizar candidatura de Aécio à presidência. A disposição de Serra em concorrer, entretanto, frustrou os planos do senador mineiro de disputar o Palácio do Planalto.

Saiba mais sobre eleições em SP: Serra desconversa sobre apoio de Aníbal

O iG questionou Narcio sobre a tese do próprio Aécio, de que Serra pode deixar a prefeitura , caso eleito, para disputar a Presidência da República em 2014. “Poder ele pode, nas não deve. Acredito totalmente no apoio do Serra, pois sempre apoiamos ele, até para ele nos devolver o apoio. O Serra não pode ser candidato a tudo”, disparou.

Integrante do governo Anastasia, o deputado licenciado afirmou ainda que não apenas a gestão tucana em Minas trabalha para viabilizar a candidatura de Aécio, mas todo Estado. “Estamos totalmente fechados com isso. Minas Gerais inteira, não só o governo Anastasia. Temos como meta prioritária criar um ambiente para que Aécio seja presidente da República”.

PT de Belo Horizonte confirma aliança com PSB e tucanos para eleição municipa

Sobre a popularidade da presidenta Dilma Rousseff (PT), ele destacou que não trabalha de olho no adversário. Nos próximos dois anos, completou, Aécio irá conversar sobre a possibilidade de alianças para 2014 com lideranças do PSB, DEM, PMDB, PPS, PDT, PSD e PP.

    Leia tudo sobre: eleições2012aécio neveseleiçõas2014

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG